Economia

Feirão Limpa Nome da Serasa é prorrogado até o dia 16 de dezembro

A Serasa Experian informou vai prorrogar até o dia 16 de dezembro o Feirão Limpa Nome, que terminaria nesta quinta-feira (30). As renegociações entre consumidores e empresas continuam pela internet. Não há previsão de data para a versão presencial do feirão.

Segundo a empresa, a prorrogação foi decidida em virtude da grande procura de consumidores pelo serviço. O feirão começou no dia 6 de novembro. Até a última terça-feira (28), mais de 1 milhão de pessoas renegociaram pelo menos uma dívida no feirão, ainda de acordo com a Serasa. O número representa um forte aumento na comparação com o ano passado, quando, ao final do feirão, 320 mil pessoas haviam conseguido renegociar suas pendências.

Até o último balanço, dívidas com bancos e financeiras seguiam como as mais renegociadas, seguidas por pendências com cartão de crédito e lojas e empresas de telefonia e internet. Na tarde desta quinta, o site do feirão já havia registrado cerca de 4,4 milhões de visitas, segundo a Serasa.

Como participar
Os consumidores podem renegociar suas dívidas diretamente com as empresas credoras que estiverem participando. Para fazer isso, é preciso acessar o site do Serasa Consumidor e se cadastrar. Quem não sabe se está com o nome sujo pode fazer uma consulta gratuita para verificar se há pendências no CPF.

Para renegociar sua dívida no feirão, o consumidor inadimplente deve verificar se a empresa para a qual está devendo está participando do programa. A Serasa Experian informou que feirão tem empresas de diversos segmentos, como bancos e financeiras, telefonia, lojas e recuperadoras de crédito.

No feirão, as empresas prometem oferecer descontos e mudanças nos prazos de pagamento de dívidas atrasadas. A negociação é feita online, por e-mail ou chat, ou por telefone. Algumas empresas já têm ofertas preestabelecidas, disponibilizando simulação e boletos para a quitação de dívidas.
 

Redação

About Author

Reportagens realizada pelos colaboradores, em conjunto, ou com assessorias de imprensa.

Você também pode se interessar

Economia

Projeto estabelece teto para pagamento de dívida previdenciária

Em 2005, a Lei 11.196/05, que estabeleceu condições especiais (isenção de multas e redução de 50% dos juros de mora)
Economia

Representação Brasileira vota criação do Banco do Sul

Argentina, Bolívia, Equador, Paraguai, Uruguai e Venezuela, além do Brasil, assinaram o Convênio Constitutivo do Banco do Sul em 26