Política

Taques afirma que PSDB é o melhor caminho para sua carreira política

Foto: Ahmad Jarrah / Circuito MT

Em seu primeiro pronunciamento após a confirmação de sua filiação ao PSDB, o governador Pedro Taques afirmou que a sigla tucana é o melhor caminho para sua carreira política. Na manhã desta quarta-feira (19), em entrevista a Rádio Capital FM, o chefe do Executivo afirmou que a sua conduta frente ao governo não muda, em ocasião a sigla partidária que estará filiado.

“O nosso grupo político entendeu que seria o melhor caminho não só para mim, porque sou passageiro, mas para o momento em que o Brasil vive e que Mato Grosso representa no contexto nacional. Eu entro no novo partido como um soldado para lutar pelo Brasil e pelo estado de Mato Grosso”, declarou.

Taques garantiu que a escolha pelo PSDB vem sendo pensada há meses, em conversas com aliados e outros grupos políticos, não sendo “uma decisão açodada”. Além disso, declarou acreditar que sua escolha não irá causar retaliações do Governo Federal, por exemplo.

“Todos sabem que, em 2014, ao contrário da recomendação partidária, nós cerramos fileiras em Mato Grosso para apoiar o então presidenciável Aécio Neves. Mas decisão ocorreu somente após ouvir os prefeitos, vereadores e lideranças do PDT e também de outros partidos. Conversei com deputados do PSB, prefeitos do PSDB e outras pessoas que não têm nem filiação política. O Brasil chegou num grau de democracia e maturidade nas suas instituições políticas, que eu não vejo que um estado da qualidade de Mato Grosso, que sustenta a balança comercial, possa ser prejudicado por um governador mudar de partido”, afirmou o político.

Fiel companheiro

O novo tucano também esclareceu ter conversado com o prefeito Mauro Mendes (PSB), que também mobilizou esforços para conquistar a filiação do governador. 

“O Mauro é nosso companheiro desde 2010, quando iniciamos a nosso caminhada. Em 2012, estivemos juntos; em 2014, também. Temos um grupo político no Estado e recebi convite dele e de vários amigos do PSB. Achei por bem comunicar ao prefeito, que é um amigo e companheiro”, completou.

Nome de força

O anúncio da filiação de Taques foi feita pelo presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, na tarde desta terça-feira (18), em Brasília. O partido prepara para o próximo dia 29 um grande ato em Cuiabá, onde líderes nacionais devem estar presentes para a filiação do ex-pedetista.

Ao anunciar a nova conquista do partido, Aécio destacou a atuação de Taques nos quatro anos em que esteve no Senado Federal.

“O PSDB vive hoje um momento de enorme alegria, por que depois de inúmeras conversas e de convites expressos por mim, e pelo presidente Fernando Henrique, pelos lideres que aqui estão. Quero anunciar a vocês a filiação ao PSDB do governador do Mato Grosso, Pedro Taques. Um dos mais extraordinários quadros da nova geração de homens públicos brasileiros. Taques em muito pouco tempo, aqui no Senado mostrou não apenas a sua qualidade intelectual, sua retidão moral, mas extraordinária coragem para defender as suas posições, inclusive muitas vezes em dissonância com aquilo que orientava a liderança do seu partido”, declarou o líder tucano.

A proximidade entre Taques e o PSDB também foi ressaltada pelo líder da oposição no Congresso Nacional. Aécio relembrou a atuação do governador nas eleições do segundo turno para a Presidência da República.

“Pedro foi durante todos os dias de seu mandato, absolutamente fiel a suas convicções. Isso o aproximou do PSDB local, onde ele teve uma extraordinária votação nas últimas eleições. Nos apoiou na campanha eleitoral, que já trouxe uma identidade programática, em ponto de vista da gestão pública eficiente, dos avanços sociais que precisam vir”, complementou.

A notícia da filiação de Taques teve repercussão na sessão do Senado Federal de ontem, mais de dez senadores subiram a tribuna para comentar e desejar boa sorte ao governador mato-grossense.

Aécio Neves confirma filiação de Pedro Taques ao PSDB

Taques repete Dante ao deixar PDT enquanto governador de MT

Redação

About Author

Reportagens realizada pelos colaboradores, em conjunto, ou com assessorias de imprensa.

Você também pode se interessar

Política

Lista de 164 entidades impedidas de assinar convênios com o governo

Incluídas no Cadastro de Entidades Privadas sem Fins Lucrativos Impedidas (Cepim), elas estão proibidas de assinar novos convênios ou termos
Política

PSDB gasta R$ 250 mil em sistema para votação

O esquema –com dados criptografados, senhas de segurança e núcleos de apoio técnico com 12 agentes espalhados pelas quatro regiões