Cidades

Emanuel Pinheiro decreta situação de emergência para Cuiabá

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), assinou desta quarta-feira (11) um decreto de situação de emergência para o município. Seguindo atitude do governador Mauro Mendes (DEM), ação foi tomada devido a baixa umidade do ar, temperaturas elevadas e aumento dos incêndios florestais no município.

O decreto tem vigência de 60 dias e pode ser prorrogado por até 180 dias, dependendo permanência da situação. A partir deste documento os órgãos municipais estão autorizados a se mobilizar e atuar, sob coordenação da Diretoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, medidas necessárias de situação de emergência.

O documento diz que com base no inciso IV do artigo 24 da Lei n°8.666 de 1993, sem prejuízo das restrições da Lei de Responsabilidade Fiscal, está autorizada as dispensas de licitação para os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários de possíveis desastres.

“Em conjunto com a Defesa Civil do Município e outras secretarias, decidimos decretar situação de emergência e ter ação em várias áreas que impactam diretamente as pessoas, como na educação, onde temos 54 mil alunos, na Assistência Social onde atendemos os idosos dos CCIs, e dos nossos servidores, como os garis, agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, os agentes de trânsito, os servidores da Serviços Urbanos, entre outros”, afirma o prefeito.

Decreto do prefeito autoriza as autoridades administrativas e os agentes de Defesa Civil, diretamente responsáveis pelas ações de resposta aos desastres, em caso de risco iminente, a adentrar nas propriedades privadas para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação e usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público.

Para as unidades escolares do município, o prefeito anunciou a suspensão das aulas de educação física, aumento do recreio, hidratação a cada 30 minutos e aquisição de umidificadores de ar.

Pinheiro também determinou o aumento do número de brigadistas da Defesa Civil, passando de dois postos para cinco. Eles já estão no bairro Verdão e Coxipó, agora serão instalados no Morada da Serra, Araés e Carumbé.

Mato Grosso

Na segunda-feira (03), o governador Mauro Mendes também decretou situação de emergência devido aos incêndios florestais e as temperaturas superiores a 40°C pelo Estado.

De acordo com dados oficiais, Mato Grosso registrou 8.030 focos de calor em agosto desde ano, o equivalente a um crescimento de 230% em relação ao mesmo período de 2018.

Temperatura

Para os próximos dias, em Cuiabá, a temperatura continuará variando entre 38°C e 41°C, com predomínio do sol. Sem previsão de chuva.

Especialistas orientam que a população não realize atividades físicas, beba muito líquido (água), use umidificadores de ar e soro fisiológico nas vias nasais.

Redação

About Author

Reportagens realizada pelos colaboradores, em conjunto, ou com assessorias de imprensa.

Você também pode se interessar

Cidades

Fifa confirma e Valcke não vem ao Brasil no dia 12

 Na visita, Valcke iria a três estádios da Copa: Arena Pernambuco, na segunda-feira, Estádio Nacional Mané Garrincha, na terça, e
Cidades

Brasileiros usam 15 bi de sacolas plásticas por ano

Dar uma destinação adequada a essas sacolas e incentivar o uso das chamadas ecobags tem sido prioridade em muitos países.