Plantão Policial

Casos de homicídios registrados em Cuiabá este ano diminuem 30%

O número de homicídios teve redução de 30% em Cuiabá, de janeiro a novembro deste ano. Levantamento da Sesp (Secretaria de Segurança Pública) aponta 131 assassinatos na capital até o fim do mês passado. No mesmo período de 2016, foram registrados 186 casos.

Em Várzea Grande, a redução foi mais acentuada, alcançando uma diferença de 49% nas ocorrências. Foram registrados 58 casos em 2017 e 114 em 2016 – também considerando 11 meses do ano. Os dados são da Coordenadoria de Estatísticas e Análise Criminal Sesp-MT.

Em Cuiabá, os meses mais violentos em 2017 foram outubro (17), março (16) e maio (14). Em Várzea Grande, agosto e fevereiro aparecem com a mesma classifica, com registro de nove assassinatos em cada mês.

Conforme a Sesp, as ações integradas entre as polícias Judiciária Civil (PJC) e Militar (PM) são o principal fator que contribuiu para a redução de crimes. “Nós intensificamos o policiamento ostensivo e a retirada de armas em circulação, e atuamos de forma integrada com a Guarda Municipal. Os planos de ação são elaborados semanalmente, que resultam em operações constantes, porque a criminalidade altera o modus operandi e os locais, e nos adequamos a isso para aperfeiçoar o combate à criminalidade”, disse o comandante do 2° Comando Regional de Várzea Grande, coronel Alessandro Ferreira da Silva.

Este ano houve incremento de 24,77% em inquéritos de homicídio relatados, saindo de 323 em 2016 para 403 de janeiro até o início de dezembro de 2017. Também neste período, o trabalho da unidade resultou em 99 prisões, 18 em flagrante e 81 por mandados de prisão temporários e preventivos. Os resultados estão dentro da meta “Avança DHPP” (Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa) e incluem a conclusão de 377 investigações de inquéritos de homicídios dolosos.

No período de 120 dias, foram relatados ao Poder Judiciário 171 inquéritos policiais, inseridos na meta 2, iniciada em 14 de agosto e finalizada na segunda-feira (11.12).  A primeira meta (06 de março a 02 de julho) concluiu 206 inquéritos referentes a homicídios, em Cuiabá e Várzea Grande. O esforço concentrado das equipes da DHPP mantém a média de 70% de esclarecimento dos homicídios. São 243 casos solucionados, com os autores devidamente qualificados nos inquéritos policiais.

A DHPP também recebe denúncias de assassinatos na Grande Cuiabá por meio do aplicativo What’sApp. O serviço está disponível pelo número (65) 99971-7976. O objetivo é que as informações repassadas pela população auxiliem as investigações. O número do denunciante é mantido em sigilo. É possível enviar denúncias com textos e fotos. O cidadão pode denunciar ainda por meio da Delegacia Virtual ou pelo telefone 197.

Redação

About Author

Reportagens realizada pelos colaboradores, em conjunto, ou com assessorias de imprensa.

Você também pode se interessar

Plantão Policial

Ladrões explodem caixa eletrônico em VG

Inicialmente, os ladrões usaram um maçarico para cortar o equipamento, mas não conseguiram e usaram explosivo.    Os bandidos fugiram
Plantão Policial

Em Sorriso 66 motos são apreendidas em operação da PM

"Esta é uma determinação do comandante, tenente coronel Márcio Tadeu Firme. Até o carnaval, faremos todos os dias blitz em