PUBLICIDADE
EM REDE SOCIAL

Marquezine sofre críticas homofóbicas após beijo em atriz

Além da ex-namorada de Neymar, Tatá Werneck também se juntou ao protesto e sofreu com os ataques

20/09/2017 14h15 | Atualizada em 20/09/2017 14h22

Marquezine sofre críticas homofóbicas após beijo em atriz

Reprodução

As atrizes Bruna Marquezine e Tatá Werneck endossaram o coro contra a liminar que trata a homossexualidade como algo “tratável”. Ambas apareceram em fotos no Instagram beijando a também atriz e roteirista Flor Diegues. Mas o que era para ser uma mensagem para espalhar apenas o amor despertou o ódio de alguns seguidores, que dispararam insultos e comentários homofóbicos contra elas.

Na postagem, que também possui fotos de Flor com Fernanda Nobre e Julia Guerra, ela exclama: "Hoje a gente acordou bem gay". Mas, nos comentários, alguns seguidores não aceitaram a mensagem. "Deus não aprova isso e pronto!", disse um seguidor. "Que nojo", comentou um outro. "Realmente estamos chegando ao fundo do poço!", publicou, também, um rapaz.

Logo, muita gente começou a se revoltar contra as centenas de comentários, e a página se tornou palco de uma grande discussão: “O que afeta na sua vida pessoal se um homem se deita na cama com outro ou se uma mulher se deita na cama com outra? O que muda na sua vida? Se isso te afeta é porque existe algo de errado em você, vive sua vida e deixe cada ser humano ter seu livre arbítrio!”, retrucou um dos seguidores.

"Aceita que dói menos, bando de preconceituosos!", exclamou uma fã.

FONTE: G1

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE