PUBLICIDADE
OPERAÇÃO FATAL

Mulher morre após realizar cirurgia plástica em hospital militar em Cuiabá

Daniele Bueno, de 33 anos, morreu no domingo (13) depois de ser submetida a duas cirurgias plásticas. O caso está sendo investigado pela polícia

Da Redação

Equipe

14/05/2018 17h23 | Atualizada em 15/05/2018 08h29 2 comentarios

Edléia Daniele Ferreira Lira, 33 anos, formada em gastronomia e estética, morreu neste domingo (13) depois de ser submetida a duas cirurgias plásticas, na sexta-feira (11), no Hospital Militar, em Cuiabá. O seu corpo está no Instituto Médico Legal (IML), onde serão feitos exames que devem apontar as causas da morte. Daniele deixou uma filha de quatro anos. 

A moça passou por cirurgias de lipoescultura e mamoplastia, na sexta-feira, pelo custo de R$ 6 mil reais. 

A família registrou uma denúncia na Polícia Civil. Segundo a polícia, a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar as circunstâncias da morte de Daniele, sob a responsabilidade da delegada Juliana Palhares.

Daniela teria encontrado o médico e o grupo "Plástica para Todos", responsável por sua cirurgia, no Facebook. Com  médicos de outros estados a proposta do grupo é oferecer cirurgias plásticas a preço abaixo dos praticados no mercado. Daniela foi operada em um hospital onde não havia UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e teria passado mal  após a cirurgia. Ela teve de ser transferida para outro hospital e ficou quase dois dias internada, na UTI. Depois de duas paradas cardíacas, teve morte cerebral no domingo.

No Boletim de Ocorrências, a família informou que a paciente foi encaminhada para outra unidade médica, após pagamento de cheque calção no valor de R$ 17,5 mil.

O Hospital Militar informou que alugou o centro cirúrgico para uma equipe médica fazer cirurgia e que, mesmo não sendo de responsabilidade da unidade de saúde, foi dada a assistência necessária para a paciente, após ela apresentar complicações pós operatórias.

 

FONTE: G1

2 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. TEM UMA INDENIZAÇÃO PROPORCIONAL AO DANO ESPERANDO POR ESTA FAMILIA.

  2. Esse cheque "calção" foi para vestir algum médico?

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE