PUBLICIDADE
SAÚDE

Hipertensão arterial, um inimigo sem controle

A hipertensão afeta mais de 36 milhões de brasileiros e aumenta o risco de doenças cardíacas.

07/06/2017 16h48 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Foto: reprodução

Por Veja.com

No Brasil, as doenças cardiovasculares causam mais de 30% dos óbitos, contra 15% devidos ao câncer e 12,4% por causas externas (acidentes e violência). A hipertensão afeta mais de 36 milhões de brasileiros (mais de 30% da população adulta e 5% das crianças e adolescentes), sendo o mais importante fator para o desenvolvimento da doenças cardíacas, em especial o infarto do miocárdio e o acidente vascular cerebral (AVC), as duas maiores causas isoladas de mortes no país.

A cada ano, morrem 7,6 milhões de pessoas em todo o mundo devido à hipertensão, mas a maioria delas poderia ser evitada com o controle da doença. Cerca de 80% dessas mortes ocorrem em países em desenvolvimento, como o Brasil, sendo que mais da metade das vítimas têm entre 45 e 69 anos. A doença é responsável por 54% de todos os casos de AVC e 47% dos casos de infarto. Nos últimos 10 anos, a hipertensão fez mais de 70 milhões de vítimas fatais.

Mobilização contra  a hipertensão

Em todo o mudo, governos e entidades de saúde têm se mobilizado para melhorar o controle da hipertensão. No Canadá, 65% dos hipertensos estão controlados, nos EUA, 48%, na Inglaterra, 52%. Um plano de saúde dos EUA, conseguiu um controle de 85% de seus hipertensos, com uma ação intensiva, resultando em expressiva redução de mortes, internações e gastos com doença cardiovascular.

A importância de controlar a doença

Dados brasileiros revelam que mais de 80% dos hipertensos estão fora de controle e sofrendo os riscos da doença. O dia 26 de abril é o Dia Nacional de Controle da Hipertensão. Várias partes do mundo também realizam ações de conscientização sobre a necessidade de se medir a pressão pelo menos uma vez ao ano, de promover o diagnóstico precoce da hipertensão e de se seguir o tratamento corretamente.

No Brasil, a Campanha “Eu sou 12 por 8” da Sociedade Brasileira de Cardiologia, tem utilizado as redes sociais, artistas e esportistas para difundir a mensagem de prevenção e controle da hipertensão.

Avaliar pressão arterial e controlar a hipertensão é viver mais e melhor.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE