Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017
SAIBA MAIS

Quer queimar mais calorias? Faça exercícios em jejum

Estudo britânico mostra que praticar atividade física ainda em jejum pode estimular a queima de gorduras.

Quer queimar mais calorias? Faça exercícios em jejum
 

Foto: reprodução

Por Veja.com

Você com certeza já deve ter ouvido falar que não adianta nada se exercitar de estômago vazio. No entanto, segundo os pesquisadores da Universidade de Bath, no Reino Unido, ir à academia em jejum pode ajudar, sim, a queimar mais calorias e, até mesmo, obter maiores resultados a longo prazo.

Depois de comer, o corpo se ocupa em digerir o alimento e acaba deixando a queima de calorias gerada pelos exercícios à parte. Isso significa que realizar refeições logo antes do treino pode não ser o recomendado. Em vez de queimar gordura já existente no tecido adiposo, o corpo consumirá os carboidratos recentemente ingeridos como fonte de energia.

Queima de calorias

Os pesquisadores acreditam que praticar atividade física ainda em jejum pode estimular a queima de gorduras e o aumento da massa muscular. Segundo Dylan Thompson, autor do estudo, o exercício não estimulará os mesmos benefícios no tecido adiposo do que em jejum. “Isso significa que o exercício em estado de jejum pode provocar mais mudanças favoráveis no tecido adiposo, e isso pode ser benéfico para a saúde no longo prazo”, disse o pesquisador ao Daily Mail.

A pesquisa, publicada no periódico American Journal of Physiology, Endocrinology and Metabolism, teve como objeto de análise um grupo de homens acima do peso. Em jejum, eles caminharam por 60 minutos e, para comparar, caminharam por mais uma hora depois de ter uma café da manhã rico em carboidratos. Múltiplas amostras de sangue e tecido adiposo foram colhidas após comer e jejuar, bem como antes e após os exercícios. O estudo mostrou que a expressão genética do tecido adiposo diferiu significativamente entre os dois ensaios.

Tanto as expressões genéticas PNK4 e HSL, que participam da síntese de proteínas, aumentaram quando os homens jejuaram e se exercitaram. No entanto, seus níveis diminuíram nos homens que haviam se alimentado antes de caminhar. O resultado do jejum mostrou que a gordura armazenada, em vez dos carboidratos da última refeição, foi utilizada como combustível para o metabolismo durante os exercícios.

Diferença entre homens e mulheres

Antes dessa descoberta, pesquisadores da Universidade de Surrey encontraram uma maneira para que homens e mulheres fossem capazes de queimar mais calorias sem precisar de exercício extra. A pesquisa, publicada em janeiro, mostrou que definindo um momento ideal para as refeições seria possível queimar até 22% mais gordura.

No entanto, eles descobriram que os padrões poderiam ser muito diferentes entre homens e mulheres. Enquanto os homens queimavam mais se exercitando antes de comer, em jejum, para as mulheres a situação era oposta. Segundo o estudo, o corpo feminino tende a queimar gordura mais facilmente do que os homens. Comer antes da academia, por exemplo, é a melhor pedida. Porém, as mulheres são muito melhores na conservação de carboidratos durante o exercício. Sendo assim, comer logo após o treino, para as mulheres, pode comprometer a capacidade do corpo de queimar as calorias no futuro.

COMENTAR