PUBLICIDADE
ELEIÇÕES 2020

Candidatura de Emanuelzinho à prefeitura de VG promove racha no PTB

O secretário municipal de Educação, Silvio Fidélis, afirmou que a candidatura do deputado federal desrespeitou decisões internas do partido; crise gerou a debandada de 50 filiados

21/09/2020 09h40 | Atualizada em 21/09/2020 12h20

Candidatura de Emanuelzinho à prefeitura de VG promove racha no PTB

Internet

A candidatura de Emanuelzinho (PTB) para a Prefeitura de Várzea Grande não agradou parte do partido e promoveu a debandada de 50 filiados, que decidiram apoiar o rival dele nas urnas, Kalil Baracat (MDB).



O racha foi liderado por Silvio Fidélis, secretário de Educação de Lucimar Campos (DEM), que quer lançar Kalil como seu sucessor.

O documento de desfiliação já foi protocolado na Justiça eleitoral e tem nomes como Benedita Santana Ponce, Catarina Monteiro Mayer, Deize Benedita da Costa Martins, Elizabete Britez Souza, Eva de Paulo Vieira Santos, Gonçalina Auxiliadora Leite Rondon, Jadir Pereira, Luz Marina Coelho e Sarah Jane de Campos.

“Existia uma conversação aberta com o Democratas da prefeita Lucimar Campos e do senador Jayme Campos (DEM) que decidiu apoiar a candidatura de Kalil Baracat com José Hazama (DEM), atual vice-prefeito como candidato a vice novamente”, explicou Fidélis.



Fidélis, que até então era secretário da Executiva Municipal do PTB de Várzea Grande, afirmou que a candidatura de Emanuelzinho desrespeitou a decisão interna de apoiar a coligação com o DEM, decidida na Executiva Estadual. (Com informações da assessoria)

.

FONTE: Gazeta Digital



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE