PUBLICIDADE
TRANSFERÊNCIA DE CARGO

Não vou trocar nem a música, diz Pivetta ao assumir o governo do Estado

Vice vai exercer o cargo de titular durante uma semana, com viagem do governador Mauro Mendes aos Estados Unidos e à Bolívia, nesta sexta-feira (20)

Reinaldo Fernandes

Repórter

19/09/2019 12h44 | Atualizada em 19/09/2019 16h06

Não vou trocar nem a música, diz Pivetta ao assumir o governo do Estado

Reprodução/Secom

O governador em exercício, Otaviano Pivetta, disse que seguirá a política do titular Mauro Mendes durante os oito dias que assume o comando do Estado, com a viagem de Mendes para Nova York. O ato de transferência de cargo foi assinado nesta quinta-feira (19), no Palácio Paiaguás.



“[Eu vou] seguir com esse trabalho de conserto do Estado, estou cumprimento um papel constitucional, de vice-governador comportado que sempre fui, despretensioso. Não vou mudar nada, não vou trocar nem a música”.

Mauro Mendes irá cumprir duas agendas internacionais, de 20 a 26 deste mês. A primeira será sua participação na Semana do Ambiente, evento promovido pela ONU que ocorrerá em Nova York. O governo titular tem discurso agendado na programação do evento e integrará palestra e mesa redonda para discutir o tema de produção agropecuária e preservação ambiental.

Na sequência, fará viagem até Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para assinar contrato com o governo boliviano de fornecimento de gás natural a Mato Grosso.



Para a semana de governo, Pivetta já algumas agendas confirmadas. A primeira será um encontro com ministério da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, na segunda-feira (23). O assunto em pauta será instalação da Ferrovia Vicente Vuolo, a Ferronorte, com tracejo de Rondonópolis a Nova Mutum, passando por Cuiabá.

Com comportamento discreto, neste início de governo, Pivetta tem acompanhado de perto ações da Seduc (Secretaria de Estado de Educação) e defende a expanção de parcerias público-privadas (PPP) para o interior do Estado.

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE