PUBLICIDADE
IMPOSTO

Mauro Mendes vai apresentar minuta para manutenção do Fethab 2

Governador eleito diz que apresentar esboço de projeto de lei a Pedro Taques com pedido de envio à votação pela Assembleia Legislativa

Reinaldo Fernandes

Repórter

07/11/2018 17h01 | Atualizada em 08/11/2018 08h15 1 comentario

Mauro Mendes vai apresentar minuta para manutenção do Fethab 2

Reprodução/Internet

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) disse, nesta terça (6), que vai produzir uma minuta de projeto de lei para reedição do Fethab 2 (Fundo Estadual de Transporte e Habitação). Mendes afirma que o esqueleto da norma será entregue ao governador Pedro Taques para envio à votação pela Assembleia Legislativa nas próximas semanas. 

“Eu vou fazer a minuta e trazer para Pedro Taques porque somente ele como governador tem a prerrogativa de apresentar mudanças na lei. Não estamos em condições de abrir mão de qualquer cobrança de impostos, o Estado está em crise precisamos de recurso para quitar as dívidas.” 

A decisão representa um confronto com o setor do agronegócio, que se nega a respaldar a reedição do fundo. A validade do Fethab 2 encerra no dia 31 de dezembro, reduzindo a arrecadação do Estado, a partir de janeiro de 2019, em torno de R$ 450 milhões. 

O assunto sequer entrou em pauta da reunião, na quarta (31), entre Mauro Mendes e representantes do agronegócio, na Aprosoja (Associação dos Produtores de Milho e Soja) de Mato Grosso. Hoje (7), a associação disse ao Circuito Mato Grosso que “reitera sua contrariedade” com a eventual renovação do imposto e cobram enxugamento da máquina pelo governador eleito. 

“Os produtores de soja do Estado, por meio da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), reiteram a contrariedade à reedição do Fethab 2, que vence em 31.12.2018.  Ressaltam que são contribuintes do Estado com diversos impostos e taxações e aguardam do governador eleito, Mauro Mendes, ações de enxugamento da máquina e boa aplicação do dinheiro público”. 

O Fethab 2, recolhido da produção de insumos, exceto a madeira, foi criado pelo governador Pedro Taques 2017 como suplementação de investimentos para áreas afins. O acordo com o setor passou pelo compromisso de que o recolhimento ser extinto com o fim do mandato de Taques. 

A movimentação de Mauro Mendes de elaboração de minuta de projeto de lei é uma segunda investida do próximo governo pela manutenção do fundo. Mendes também pediu a Taques considere a reedição do fundo. 

“Nosso governo não pode ser atrelado a um setor ou segmento. Vamos governar para todos e todos terão que dar sua contribuição para tirar o Estado da crise. A população já não aguenta mais pagar imposto. Quem aceitaria dobrar a cobrança do ICMS? Nem eu como cidadão aceitaria”, pontuou. 

A medida pode criar instabilidade na base de apoio a Mauro Mendes, pois seu vice, Otaviano Pivetta (PDT), é produtor do setor. Ontem, ele disse ser a favor da simplificação da cobrança do imposto e redução dos cargos no Poder Executivo. 

“Sou pela simplificação dos impostos. Já temos o Fethab 1 e 2. O Mauro sabe que temos que economizar, temos que fazer a lição de casa cortando os cargos em excesso”. 

A taxação do agronegócio e a renegociação dos duodécimos deverão ser temas que irão ocupar as articulas de Mauro Mendes logo nos primeiros meses de campanha. Mudanças nessas áreas são vistas como necessárias para desafogar o caixa do Estado.

.

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. updos for short hair with extensions how to put in ombre hair extensions lace front wigs uk double drawn nano hair extensions best aliexpress curly hair vendors 2018 lace front wigs hair snap band thick one piece clip in hair extensions lace wigs uk how to dye barbie hair brown fusion extensions on really short hair human hair wigs uk

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE