PUBLICIDADE
ELEIÇÕES 2018

Taques e Fagundes devem recepcionar a candidata a vice-presidente Ana Amélia

Candidatos ao governo têm agenda para encontrar progressista às 14h no aeroporto Marechal Rondon

Reinaldo Fernandes

Repórter

13/09/2018 10h38 | Atualizada em 13/09/2018 11h40

Taques e Fagundes devem recepcionar a candidata a vice-presidente Ana Amélia

Reprodução/Internet

A candidata a vice-presidente de Geraldo Alckmin (PSDB), Ana Amélia (PP), deverá ser recepcionada por dois candidatos ao governo. O tucano Pedro Taques e o republicano Wellington Fagundes (PR) têm agendas para receber a candidata às 14h no aeroporto Marechal Rondon na segunda-feira (17).

A temporária posição dos adversários num mesmo lado se deve ao arco de aliança de apoio a Alckmin em nível nacional que inclui partidos do Centrão (DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade). Mauro Mendes teve agenda para outra atividade e não confirmou presença.

Em entrevista nesta quarta-feira (12), Fagundes disse que irá tentar recepcionar quatro candidatos ao governo cujas siglas estão na base de apoio a sua candidatura (PV, PCdoB, PT, PRB, PTB, PROS, PP, PMN e Podemos).

“Ana Amélia é minha companheira, tenho uma amizade muito grande por ela. Nós temos uma coligação plural e temos quatro candidatos a presidente da República. Eu farei todos os meus esforços para estar presente, quando vier aqui, os presidenciáveis, da nossa coligação muito mais. Se vier a vice-presidente como é a Ana Amélia, se vier a vice do [Fernando] Haddad (PT) nós estaremos presentes, como já estivemos quando veio o Álvaro Dias, do Podemos”.

No roteiro de visita está previsto que Ana Amélia chegue a Cuiabá por volta das 14h da próxima segunda. Sua primeira atividade será uma série de gravações com candidatos dos partidos coligados ao PSDB em nível nacional.  Em seguida, por volta das 16h, ela concede uma coletiva de imprensa e 17h participará de ato de campanha.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE