PUBLICIDADE
ELEIÇÕES 2018

Wellington Fagundes diz que bens aumentaram em R$ 318 mil e comprou avião de R$ 150 mil

Candidato republicano foi o primeiro candidato ao governo a registrar candidatura na Justiça Eleitoral com declaração de R$ 8,6 milhõe em bens

Reinaldo Fernandes

Repórter

13/08/2018 14h03 | Atualizada em 13/08/2018 16h27 3 comentarios

Wellington Fagundes diz que bens aumentaram em R$ 318 mil e comprou avião de R$ 150 mil

Reprodução/Assessoria

O patrimônio do candidato ao governo de Mato Grosso Wellington Fagundes (PR) aumentou em pouco mais de R$ 318 mil desde as eleições gerais de 2014. O republicano registrou sua candidatura junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) neste domingo (12), quando declarou ter bens num total de R$ 8.984.864,52. Há quatro anos, o total registrado pelo tribunal era de R$ 8.666.604,04.

No perfil profissional, Fagundes declarou ser pecuarista, empresário e político em sexto mandato, como senador desde 2015. O patrimônio mais alto registrado pelo republicano é especificado como quota ou quinhões de capital, que somam R$ 6.005.136,66. A maior participação é de R$ 5.760.000. Em investimentos e aplicações, diz ter R$ 595.257,80

Em 2014, o candidato declarou à Justiça Eleitoral que sua maior movimentação financeira vinha da produção de bovinos, com R$ 3,3 milhões, seguida por participação na empresa de capital WAF Administradora de Empresas Ltda. no valor de R$ 2,9 milhões.

Em imóveis, os bens de Wellington Fagundes somam R$ 1.381.588,95, sendo os maiores valores uma casa de R$ 126.943 e um conjunto de móveis em R$ 941.937,50. Ele também declarou posse de uma aeronave no valor de R$ 150 mil.

Wellington Fagundes é candidato pelo Partido Republicano com apoio de outras nove siglas - PV, PCdoB, PT, PRB, PTB, PROS, PP, PMN e Podemos. A chapa republicana também tem a participação de deputado federal Adilton Sachetti (PRB) e a ex-reitora da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Maria Lúcia Cavalli Neder (PCdoB) na disputa ao Senado. Sachetti tem como suplentes o ex-prefeito de Cuiabá, Francisco Galindo (PTB) e a ex-primeira-dama de Santa Cármen, Alessandra Nicoli.  A professora escolheu o ex-membro do Sintep, professor Gilmar, e Aloízio Arruda.   

.

3 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. I found a lot of information here! This article is really good for all newbie here. Thank you for sharing with us! devast io

  2. Great, this is what i looking for color switch game and little big snake

  3. I see commodity prices rise sharply. Record increase of up to 318 dollars. duck life

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE