PUBLICIDADE
ELEIÇÕES 2018

Partidos da aliança com Taques terão 131 candidatos a deputado estadual e 48 a federal

PSDB e PSL concorrerão em chapa pura para a Assembleia Legislativa e partidos nanicos dominam na disputa para a Câmara Federal

Reinaldo Fernandes

Repórter

09/08/2018 13h00 | Atualizada em 09/08/2018 15h08

Partidos da aliança com Taques terão 131 candidatos a deputado estadual e 48 a federal

Reprodução/Internet

A coligação encabeçada pelo governador Pedro Taques (PSDB), pré-candidato à reeleição terá 131 candidatos a deputado estadual e 48 a deputado federal. Os dez partidos que compõem estão distribuídos em sete chapas, com PSDB, PSL concorrendo em chapa pura para Assembleia Legislativa.

A coligação Fé e Trabalho, com Solidariedade, Patriota, Avante, PRTB, PRP e DC, reúne 37 candidatos para a Assembleia Legislativa. São 20 do Solidariedade, 10 do DC, 9 do Patriota, 4 PRP, 2 do Avante e 1 PRTB. O grupo tem nomes conhecidos como o suplente de deputado estadual Jajah Neves (SD), os vereadores Lilo Pinheiro (PRP)e Juca do Guaraná Filho (Avante).

A coligação entre PSB e PPS tem 28 nomes: 13 (PSB) e 15 (PPS).  Em chapa pura o PSL tem o maior número candidatos, são 34 nomes para concorrer uma das 24 vagas que serão abertas. O PSDB tem o maior número de candidatos à reeleição: Wilson Santos, Guilherme Maluf, Saturnino Masson e Baiano Filho. Além deles, outros 19 tucanos estão na lista.

Para concorrer às oito cadeiras da Câmara dos Deputados, os partidos se aglutinaram em três chapas. PSDB, PPS, PSB e Solidariedade, com 18 candidatos; PSL, Avante, PRP e Patriota com 15; e PRTB e DC com 15.

Os partidos chamados de nanicos terão mais candidatos às vagas. PRTB conseguiu homologar nove nomes, Avante emplacou oito, e o DC, seis. Em seguida vem PPS, com 7 candidatos, PSDB com cinco, PSB com 5, PRP e PSL com três candidatos cada um e Patriota e Solidariedade um representante cada.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE