PUBLICIDADE
RETROSPECTIVA 2017

Posse do Prefeito Emanuel Pinheiro começou com tom de esperança

Emanuel Pinheiro se elegeu em disputa acirrada contra Wilson Santos. Em seu discurso de posso ele falou de austeridade e equilíbrio

Cintia Borges

Repórter

22/12/2017 15h44 | Atualizada em 31/12/2017 07h26

Emanuel Pinheiro (PMDB) recebeu emocionado a faixa de prefeito de Cuiabá das mãos de Mauro Mendes (PSB) na noite do primeiro domingo (01/01) de 2017, durante solenidade no Centro de Eventos do Pantanal. A cerimônia foi conduzida realizada pelo novo presidente da Câmara Municipal, Justino Malheiros (PV), que também empossou o vice-prefeito Niuan Ribeiro (PTB). Segundo o prefeito, “austeridade” será palavra de ordem no combate ao desperdício e controle dos gastos públicos.



"Vocês não imaginam o orgulho e entusiasmo de ser o prefeito dos 300 anos de Cuiabá", declarou Emanuel Pinheiro, fazendo uma retrospetiva da fundação da Capital mato-grossense, da colonização às suas belezas naturais e contribuição para o desenvolvimento do país. Citou grandes nomes da intelctualidade, artistas, compositores, poetas e escritores da terra.

O novo prefeito recitou um poema criado em comemoração aos 200 anos da Capital mato-grossense. “Há 100 anos atrás, este autor desconhecido declamava o seu amor que profetizava como a Cidade Verde da esperança, nossa querida Cuiabá. Estou aqui louvando a Deus e grato pela confiança deste povo cuiabano, consciente dos grandes desafios que tenho pela frente e da enorme responsabilidade de resgatar o brilho e alegria da nossa cidade”, citou Pinheiro.

Observou ainda que o prefeito deve respeitar a história de Cuiabá, que chamou de cidade bonita e dinâmica e q quem prometeu dedicação integração a partir de sua posse. Observou, por outro lado, que não será possível resolver os problemas da noite para o dia e que enfrentar esses problemas dependerá de sua total dedicação à gestão do município.



Sua grande tarefa, discursou o prefeito, será estabelecer prioridades para resolver questões em setores primordiais, como a saúde. "Vou trabalhar ao lado de Niuan (Ribeiro) incansavelmente para cumprir os compromissos que assumimos com a população. Sei que não vai ser fácil, mas uma coisa eu posso garantir para vocês não tenho medo de desafios. Os problemas da cidade não serão feitas da noite para o dia. As conquistas para acontecerem precisam de muito trabalho, muito planejamento, muita dedicação e também de alguns sacrifícios", destacou.

Pinheiro disse também que vai trabalhar para que a população tenha orgulho de Cuiabá e que vai investir para melhorar as oportunidades de emprego e renda no município, com foco na vocação da cidade para o turismo.. "Vamos combater as desigualdades sociais".

O novo prefeito enalteceu e agradeceu os servidores públicos e que vai trabalhar para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos à população.

"Precisamos agir com profundo respeito ao cidadão. Trabalhar com compromisso e dedicação. Uma das grandes queixas é que ele não tem a quem recorrer. Há um sentimento de desamparo nas pessoas quando lidam com o setor público", continuou o prefeito empossado, frisando que quer que toda Cuiabá saiba que "Emanuel Pinheiro vai chegar junto, vai estar ali presente para defender".

Ao encerrar seu discurso, Pinheiro lembrou que sua caminhada começou nas ruas, nasceu do diálogo com o povo cuiabano. Agradeceu o carinho e a receptividade nas ruas e bairros da cidade. "E apesar de reconhecer o tamanho das dificuldades, eu percebi também que as pessoas tem esperança no coração. Não posso e não decepcionar essas pessoas. Amo essa cidade, nasci aqui e quero morrer aqui e quero oferecer os próximos quatro anos da minha vida a serviço de Cuibá. Eu prometo a vocês que serei um prefeito comprometido, que vai suar a camisa que vai fazer tudo o que for possível para o devolver e desenvolver o brilho e o respeito que ela merece", completou.

Prefeitura X Câmara Municipal

Emanuel Pinheiro ao ser questionado sobre o relacionamento com a Casa de Leis se mostrou positivo, inclusive sobre a composição da Mesa Diretora.

“Maravilhoso, melhor impossível. O Partido Verde já está na nossa base de sustentação, inclusive o Justino Malheiros e o Veloso desde o primeiro turno já estava conosco”, acrescentou serem integrantes da base aliada juntamente com o secretário de Serviços Urbanos Roberto Stopa.

Em novembro a Câmara instalou a CPI do Paleto para investigar supostos atos de corrupção cometidos pelo Emanuel Pinheiro quando este era deputado estadual.

FONTE: Valquiria Castil



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE