PUBLICIDADE

Política - Página 1151

Ex-conselheiros terão que devolver dinheiro aos cofres públicos
MP

Ex-conselheiros terão que devolver dinheiro aos cofres públicos

Os ex-conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT), Gonçalo Pedroso Branco de Barros, Ary Leite de Campos e Ubiratan Francisco Vilela Tom Spinelli, foram condenados por improbilidade administrativa. Eles pediram, quando conselheiros do Estado, o ressarcimento de valores gastos com despesas médicas, que na verdade foram usados para pagar massagens, remédios, supermercados, cirurgias plásticas, fretamentos de aeronaves, hospedagem em hotéis, entre outros.

Kleber Lima e Stopa assumem secretarias da Capital

Kleber Lima e Stopa assumem secretarias da Capital

O prefeito Mauro Mendes (PSB) surpreendeu ao anunciar o nome dos novos secretários que passam a compor seu staff. O jornalista Kleber Lima e o presidente estadual do PV, José Roberto Stopa, assumem as secretarias de Comunicação e Serviços Urbanos, respectivamente.

Gilmar Fabris assume esta semana vaga de Dal Bosco na AL

Gilmar Fabris assume esta semana vaga de Dal Bosco na AL

O suplente de deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), ocupa a partir desta segunda-feira (24) a vaga de Dilmar Dal Bosco (DEM) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT). Fabris já exerceu cinco mandatos de deputado estadual e deve assumir oficialmente a titularidade no parlamento ainda esta semana.

Silval e Mendes se reúnem com Dilma

Silval e Mendes se reúnem com Dilma

O governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB) e o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), se reúnem nesta segunda (24), com a presidente Dilma Rousseff (PT). Na pauta da discussão, que também contará com a presença de prefeitos de todas as Capitais e dos governadores do País, está a onda de manifestações que tomaram conta do Brasil nas últimas semanas. 

Aos 25 anos, PSDB mira refundação e encara tabus

Aos 25 anos, PSDB mira refundação e encara tabus

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) completa 25 anos na terça prestes a lançar seu primeiro candidato com trajetória política fora de São Paulo à Presidência e como a principal força de oposição. Mas ainda sofre com divisões internas enquanto afina um discurso para enfrentar o favorito PT nas eleições de 2014.

Presidente regional do PMDB, Bezerra nega apoio a Eder Moraes

Presidente regional do PMDB, Bezerra nega apoio a Eder Moraes

Presidente regional do PMDB, o deputado federal Carlos Bezerra não se mostra à vontade com o já declarado desejo do secretário-chefe de Articulação Institucional de Mato Grosso em Brasília, Eder Moraes (PMDB), de se candidatar ao governo do Estado em 2014.

Vereador acusa Lúdio de ser oportunista

Vereador acusa Lúdio de ser oportunista

Numa reação às críticas feitas contra a gestão Mauro Mendes pelo ex-vereador e candidato derrotado a prefeito de Cuiabá, Lúdio Cabral, o líder do prefeito na Câmara, vereador Leonardo Oliveira (PTB), afirmou que o petista "faz o jogo do quanto pior melhor, deixando de lado os interesses do povo cuiabano, em favor de seus interesses pessoais" e o chamou de oportunista. 

Prefeito promove mudanças em seu staff

Prefeito promove mudanças em seu staff

Após reunião realizada na noite da última sexta (21), o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB) decidiu fazer mudanças em seu staff.  O socialista optou pela saída dos secretários de Serviços Urbanos, Rogério Varanda e o de Comunicação, Clenon Borges (PV).

Ida às ruas gera crise no PT e tucanos atacam rival

Ida às ruas gera crise no PT e tucanos atacam rival

Rejeitados pelas ruas, os partidos políticos divulgaram manifestações em reconhecimento à legitimidade dos movimentos sociais, mas dirigentes de diversas siglas revelam o temor com as consequências de uma "despolitização". A decisão da direção do PT em estimular a adesão dos militantes aos protestos acirrou uma crise interna sobre as interpretações do movimento e os rumos que o governo deve tomar. A oposição, liderada pelo PSDB, aproveitou a onda para criticar o "oportunismo petista" e o governo de Dilma Rousseff.

Alvo de críticas durante manifestação, Riva diz apoiar ato

Alvo de críticas durante manifestação, Riva diz apoiar ato

  Após ser o alvo de protestos por parte dos 40 mil manifestantes, que foram até a Assembleia Legilstiva (AL), na noite da última quinta (20) e que picharam o muro do prédio com a frase “Fora Riva', o presidente afastado, José Riva (PSD), afirmou que a manifestação é legítima e contribui para o início de uma nova era democrática no país. Ele viu, no entanto, como negativa a participação de líderes políticos no ato e assegura que percebe claramente figuras que utilizaram a manifestação visando as eleições de 2014.