PUBLICIDADE
CPI DA COPA

Wilson: Governo quer aprovação do relatório do jeito que está

Deputado tucano declarou que Executivo mudou de ideia e não defende alterações em documento, para retomada do VLT

Airton Marques

Editor Adjunto

19/04/2017 16h35 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Foto: Circuito Mato Grosso

Com Felipe Leonel

Após deixar a Secretaria de Estado de Cidades (Secid) e voltar a Assembleia Legislativa na última semana, o deputado Wilson Santos (PSDB) decidiu apoiar a votação do relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Copa do Mundo sem qualquer alteração, que pudesse vir a atrapalhar a retomada das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), em maio.

De acordo com o tucano, o Governo do Estado quer a aprovação do relatório do jeito que foi elaborado pelos membros da CPI presidida pelo deputado Oscar Bezerra (PSB).

“Desistimos dessa ideia [de propor alteração]. O Governo tem uma posição clara: quer a aprovação do relatório, o mais rápido possível, sem alteração, pois nós conhecemos o relatório”, afirmou na manhã desta quarta-feira (19).

A volta de Wilson ao Legislativo foi anunciada com o argumento de que o tucano se empenharia em esclarecer aos demais parlamentares a negociação feita em conjunto pela Secid, Controladoria Geral do Estado (CGE) e Procuradoria Geral do Estado (PGE) com o Consórcio VLT Cuiabá – Várzea Grande, para a retomada das obras do modal.

Conforme o tucano, ao analisar todo o relatório ficou comprovado que a eventual aprovação do documento não irá atrapalhar a execução da obra, como foi acordado com o grupo de empresas responsáveis pelo serviço. 

“[Essa aprovação] não vai atrapalhar em nada. Essa é a opinião da Comissão. A opinião do Governo já está externada no termo de acordo. As irregularidades que existem não foram feitas na gestão Pedro Taques [PSDB]. As irregularidades apontadas pela CPI são da gestão anterior”, disse Wilson.

Após se recusar a colocar o relatório em votação, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), devolveu o documento aos membros da CPI, requerendo mudança em alguns itens, como o que orienta o Governo do Estado a não executar as obras do modal com o Consórcio VLT.

Sem alterações, de acordo com Oscar Bezerra, o relatório deve ser colocado em votação na próxima semana, após nova análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Leia mais:

Oscar diz que relatório da CPI da Copa será votado sem alterações

Wilson Santos deixa a Secid e volta para a Assembleia Legislativa

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE