PUBLICIDADE

Polícia Civil prende assaltantes de assentamento rural em MT

Um homem de 35 anos preso e um adolescente apreendido pela Polícia Judiciária Civil, por roubos cometidos na zona rural do município de Água Boa. O suspeito Ivaldo Pereira da Silva, 35, e seu sobrinho, de 14 anos, são os autores de vários furtos e roubos praticados com violência a moradores do assentamento Jaraguá.

22/12/2013 11h20 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

As prisões ocorreram na quinta-feira (19.12), depois que Ivaldo e o menor assaltaram um casal de idosos, moradores do mesmo assentamento, onde sua irmã também reside. Durante o assalto, os idosos levaram coronhadas e sofreram ameaças com tiros dados no local para assusta-los.
Um comerciante, conhecido por Gilmar, também foi preso por receptação de um revólver e outros produtos roubados pela dupla. O comerciante comprou a arma de Ivaldo como pagamento de uma dívida. Além das armas foi apreendido com a dupla 29 munições de calibres diversos e mais apetrechos para recarregar cartuchos.
A delegada Luciana Canaverde informou que o preso Ivaldo cumpriu mais de 2 anos de pena por ter praticado os crimes de tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Ele estava no regime semiaberto também há mais de 2 anos e residia desde que saiu da prisão na casa da irmã e do cunhado no assentamento, onde passou cometer os assaltos.
Em outro furto, ocorrido no dia 2 dezembro, o suspeito furtou duas espingardas calibres 36 e 28. O preso informou que agiu sozinho. No dia 15 dezembro, amarrou o caseiro de outra propriedade rural e roubou um revólver calibre 38 e uma espingarda 22 com luneta e munições.
O suspeito Ivaldo foi autuado em flagrante por roubo e corrupção de menores e Gilmar por receptação e posse ilegal de arma e munições. Eles foram encaminhados para a unidade prisional Major Zuzi. O menor será encaminhado para a Promotoria de Justiça para as providências cabíveis.
Não foi arbitrada fiança para nenhum dos presos.
Da Assessoria





Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE