PUBLICIDADE
SÃO JOSÉ DO XINGU

Preso idoso acusado de dar presentes para molestar enteada de 12 anos em MT

O suspeito ainda incentivava os outros irmãos da vítima, também menores, a fazer práticas incestuosas; delegado diz que o agressor se aproveitou da pobreza da família, que veio do MA sem recursos

Da Redação

Equipe

25/05/2022 09h10 | Atualizada em 25/05/2022 10h33

A Delegacia da Polícia Civil de São José do Xingú, na região nordeste de Mato Grosso, cumpriu na segunda-feira (23.05) a prisão preventiva de um homem de 61 anos investigado por estupro de vulnerável contra uma adolescente de 12 anos.



De acordo com o delegado Gustavo Ataíde Fernandes, a prisão foi representada à Justiça após a investigação instaurada apontar que a menor de idade sofreu abusos sexuais do padrasto. O mandado de prisão foi deferido pela 3º Vara Criminal da Comarca de Porto Alegre do Norte.

A Polícia Civil apurou que ele tocou as partes íntimas da adolescente em troca de presentes que prometeu à menor. Os fatos ocorreram entre os meses de fevereiro e março deste ano.

A investigação apontou ainda que ele ficava observando a menina tomar banho e ainda teria incentivado os outros dois irmãos da vítima, ambos menores, a manterem relações sexuais entre si, enquanto ele abusava da adolescente. Os irmãos se recusaram a fazer o que o investigado havia pedido.

A mãe dos menores procurou a Polícia depois que pediu que o suspeito saísse de casa. Apesar disso, ele ficava rondando a residência, causando temor na família.



“Além do crime cometido, esse comportamento motivou também a representação pela prisão preventiva, haja vista a gravidade dos fatos e para preservação das vítimas”, destacou o delegado Gustavo Fernandes, acrescentando que o autor do crime se aproveitou da situação de vulnerabilidade econômica da família, que veio do Maranhão sem recursos, para praticar os atos.

A investigação está em fase final e será remetida ao Poder Judiciário.



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE