PUBLICIDADE
RONDONÓPOLIS

Polícia intercepta celulares, carregadores e chips que seriam entregues em presídio

Os materiais ilícitos estavam em um caminhão baú que transportava marmitas para a unidade carcerária; o motorista do veículo de carga foi preso em flagrante

Da Redação

Equipe

14/09/2021 15h48 | Atualizada em 15/09/2021 07h29

Polícia intercepta celulares, carregadores e chips que seriam entregues em presídio

PMMT

A Polícia Militar interceptou aparelhos celulares, carregadores e chips telefônicos que seriam entregues na Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, a Mata Grande, em Rondonópolis (210 km de Cuiabá–MT). A ocorrência foi registrada nesta segunda-feira (13) e um homem acabou sendo preso em flagrante.



De acordo com a corporação, o caso se deu por volta de 10h. Os materiais ilícitos estavam em um caminhão baú que transportava marmitas para a unidade carcerária. Porém, durante o monitoramento ao veículo, os policiais perceberam um pacote com conteúdo suspeito caiu do veículo.

A PM constatou que dentro do pacote havia diversos celulares, carregadores e chips de celular. Os agentes pediram apoio de mais equipes da PM e realizaram a abordagem ao caminhão. Sobre o pacote que caiu do veículo, o motorista alegou não ter conhecimento sobre o material.

Os militares verificaram que o pacote com os aparelhos havia sido fixado na parte de trás e em baixo do veículo. A PM percebeu que o motorista apresentava nervosismo e durante a abordagem ele passou a entrar em contato com outras pessoas pelo celular.



O suspeito foi advertido pelos policiais para não entrar em contato com ninguém, para não atrapalhar a verificação da ocorrência. Ele então passou a gritar com os policiais e, devido a desobediência, recebeu voz de prisão.

A PM conduziu o suspeito para a Delegacia. A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE