PUBLICIDADE

Polícia - Página 1582

Polícia Civil indicia cinco no roubo a agência do Sicred em Nobres

Polícia Civil indicia cinco no roubo a agência do Sicred em Nobres

Cinco pessoas foram indiciadas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, na conclusão das investigações do roubo à Cooperativa do Sicredi, da cidade de Nobres (146 km ao Médio-Norte de Cuiabá), ocorrido em janeiro desde ano, na modalidade “Sapatinho”, quando a família do gerente é feita refém.

PRF registra seis mortes nas rodovias de MT durante fim de semana
ACIDENTES

PRF registra seis mortes nas rodovias de MT durante fim de semana

Desde a última sexta-feira (05), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registou 48 acidentes nas rodovias federais de Mato Grosso. 24 pessoas ficaram feridas e seis morreram. Foram fiscalizados 2.692 veículos, 23 veículos foram retidos, 13 CNH's foram recolhidas, 485 autos de infração foram emitidos e 33 usuários das rodovias receberam auxílio das viaturas em ronda.

Gaeco deflagra operação para combater venda de decisão judicial

Gaeco deflagra operação para combater venda de decisão judicial

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio da Presidência do Tribunal de Justiça e da Vara Especializada em Combate ao Crime Organizado e Crimes Contra a Administração Pública, deflagrou nesta terça-feira (09) a operação 'Assepsia'.

Dois mortos em acidente próximo a Nova Mutum

Dois mortos em acidente próximo a Nova Mutum

Duas pessoas morrerm em um grave acidente a 40 km de Nova Mutum na noite desta segunda-feira (09). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Claudenir Bini, 48 anos, e Vilson Piva Possamai, 34 anos, tieram morte instantânea.

Polícia Civil esclarece assalto à casa do ex-prefeito de Guiratinga

Polícia Civil esclarece assalto à casa do ex-prefeito de Guiratinga

  A Polícia Judiciária Civil descobriu que o assalto à residência do ex-prefeito de Guiratinga, Gilmar Domingos Mocellin, foi comandado de dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. O plano era assaltar também a residência do atual prefeito da cidade, Hélio Goulart, a Casa Lotérica e um supermercado.   De acordo com a delegada, Ligia da Silveira Aguiar, os próprios presos afirmaram que o assalto foi liderado de dentro da unidade prisional. Conforme a delegada, o assalto foi planejado por Tássio Rodrigues Carvalho e Gedemar Severino Vieira, ambos presos em flagrante, e executado por Rafael da Silva Santos, Marcos Diego Campos Araujo e um adolescente de 17 anos, com orientações via celular de um presidiário da PCE, de nome “Gabriel”   Como pagamento pela ajuda no crime, Gedemar recebeu a moto apreendida com ele.  O veículo tem registro de roubo em Várzea Grande. Parte dos bens roubados em Guiratinga foram trocados por drogas e a intenção dos assaltantes era vender, por R$ 500,00 cada um, os vários documentos de carros e motos que conseguiram subtrair na casa de Gilmar Mocellin, para usá-los em veículos “pinados”, ou seja adulterados.    Uma testemunha informou que o carro Mercedes Benz da vítima teria como destino o Paraguai, onde seria trocado por drogas e armas. A mesma testemunha também apontou os criminosos como autores de um assalto em um açougue em Rondonópolis, no qual a vítima recebeu um tiro no pescoço. Além da participação no assalto, Tássio confessou, ainda, que é vendedor de armas de fogo em Rondonópolis, mas negou participação no tráfico internacional de drogas.   “Ficou constatado que a quadrilha pratica os assaltos a residências e, posteriormente, com o produto do crime, adquirem no Paraguai e em Rondonópolis, drogas e armas para revenda”, disse a delegada Ligia.   De acordo com a apuração, na noite da prisão de Tássio Rodrigues Carvalho, ele passou a receber, através de mensagens de celular, ameaças de dentro do Presídio da Mata Grande, em Rondonópolis. Nas mensagens, os presidiários diziam: “já saber que ele havia apontado os demais criminosos e que logo chegasse ao presídio iria pagar por isso”.   A Polícia Civil identificou que o presidiário é pai de um dos assaltantes.   Repórter MT  

Show no Cenarium Rural acabou com cinco baleados

Show no Cenarium Rural acabou com cinco baleados

  O que era para ser uma festa por pouco não acabou numa grande tragédia na madrugada desta segunda-feira (8), em Cuiabá. O show do grupo de funk Bonde das Maravilhas, que faz sucesso na internet com o hit "Faz quadradinho de 8", realizado entre a noite de ontem e a madrugada de hoje no Cenarium Rural, acabou com tiroteio e várias pessoas feridas.   Segundo as informações policiais, um jovem de 18 anos, identificado apenas como Thiago, foi armado ao show. Lá, ele encontrou um desafeto do bairro Dom Aquino e resolveu tirar satisfações. Na confusão, o jovem sacou a arma e disparou contra o jovem, que estava no meio do público.   Além do desafeto, Thiago acertou outras quatro pessoas. Um homem e duas mulheres foram atingidos na perna. Outro jovem, de 19 anos, foi atingido nas costas e está internado em estado grave no pronto-socorro de Cuiabá. Na confusão, outras duas garotas foram pisoteadas quando tentavam fugir do local.   O suspeito foi detido nas proximidades do Cenárium Rural. O revólver usado por ele foi dispensado mas localizado pouco depois. A arma tinha quatro munições, sendo três delas deflagradas. Thiago foi levado com a arma para a Central de Flagrantes.   Organização   Na Central de Flagrantes, uma pessoa que participou da organização da festa denunciou que as únicas pessoas que entraram armadas no local foram policiais a paisana. Ela disse que a confusão começou porque a Vigilância Ambiental esteve no local para alertar sobre o som alto, que estava incomodando moradores dos prédios vizinhos.   Ela solicitou uma perícia balística para confrontar se a arma apreendida é a mesma que atingiu os feridos.   A organizadora disse, ainda, que na confusão teve parte da renda da festa saqueada, bem como bebidas que estavam sendo comercializadas no local, como energéticos, whisky e cervejas.   O Documento  

Dupla armada mata um e deixa outro ferido em Várzea Grande

  Um jovem de 19 anos morreu e outro de 15 ficou ferido após serem atingidos por vários tiros, na noite deste domingo (7) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Segundo o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), o rapaz de 19 anos chegou a ser encaminhado ao hospital, mas morreu no começo da manhã desta segunda-feira (8). O homicídio e a tentativa de homicídio foram registrados na Avenida Leôncio Lopes Miranda, próximos aos Bairros Capela do Piçarrão e Vitória Régia. De acordo com o 4º Batalhão da Polícia Militar, dois homens armados se aproximaram das vítimas, que estavam perto de um posto de combustível. Os dois estavam com camisetas enroladas na cabeça para não mostrar o rosto e dispararam várias vezes contra os jovens. O rapaz de 19 anos levou três tiros na região do tórax e o adolescente levou um tiro de raspão na perna. Em seguida, a dupla suspeita fugiu do local. O jovem de 19 ficou inconsciente, enquanto o adolescente conseguiu ligar para a PM. Os dois foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG). Conforme o Ciosp, o rapaz mais velho não resistiu e morreu durante a madrugada. Já o adolescente não corre risco de morte. Até a manhã desta segunda-feira os suspeitos de disparar contra as vítimas não foram localizados pela PM. G1 MT