PUBLICIDADE
MALDADE

Babá queima criança de 3 anos com cigarro após obrigá-la a fazer sexo oral em VG

O menino mordeu a genitália da suspeita, uma adolescente de 17 anos, que revidou queimando o rosto da vítima

João Freitas

Repórter

09/10/2019 09h21 | Atualizada em 09/10/2019 16h39

Babá queima criança de 3 anos com cigarro após obrigá-la a fazer sexo oral em VG

Divulgação

Uma empregada doméstica de 17 anos foi apreendida nesta terça-feira (8), em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá-MT, por estupro de vulnerável e furto. A suspeita teria feito sexo oral com uma criança de 3 anos, queimado o rosto da vítima com um cigarro, além de ter furtado uma máquina de lavar.



Segundo informações contidas no boletim de ocorrência, a mãe do menino acionou a Polícia Militar para informar que havia sido ameaçada por sua ex-babá, por meio de uma ligação.

No telefonema, a suspeita teria confessado que praticou sexo oral com a criança no dia 4 de outubro e que havia queimado o rosto do garoto com a ponta de um cigarro, após ter a sua genitália mordida pela vítima.

Ainda durante a chamada, a adolescente relatou que levou a máquina de lavar da mãe da criança para quitar uma suposta dívida que tinha a receber.



Diante dos fatos, os policiais foram até a residência da acusada e encontraram o eletrodoméstico no local. A menor foi apreendida por furto e o aparelho foi devolvido para a sua proprietária.

A adolescente foi conduzida até a delegacia, onde o caso foi registrado. Na unidade policial, a mãe da criança tentou agredir a ex-funcionária, mas foi contida pelos militares.

A Delegacia de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI) investiga a acusação de estupro de vulnerável.

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE