PUBLICIDADE
ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Estuprador que abusava da filha e sobrinha em Tangará da Serra é preso em zona rural

O fato foi registrado no dia 2 de janeiro de 2019, na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra

Da Redação

Equipe

11/01/2019 09h20 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Estuprador que abusava da filha e sobrinha em Tangará da Serra é preso em zona rural

Reprodução-Internet

A Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Nova Lacerda (546 km de Cuiabá-MT), com apoio de Comodoro (644 km da Capital) cumpriu mandado de prisão em desfavor de G.S, 35 anos, acusado de estupro de vulnerável praticado contra duas adolescentes. Uma das menores, de 14 anos, é filha do acusado e a outra de 13 anos, sua sobrinha.

O fato foi registrado no dia 2 de janeiro de 2019, na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra (239 km de Cuiabá), que logo tomou todas providências investigativas e representou pela prisão do suspeito.

Segundo a comunicante, mulher do acusado e mãe da menor de 14 anos, a descoberta ocorreu quando foi questionar a sobrinha de 13 anos sobre fotos que ela teria postado em seu perfil nas redes sociais. Ao ser pressionada, a garota que tem 13 anos contou que sofria abuso desde os 9 anos, que era seu tio, G.S.

Ao contar sobre a situação a filha adolescente, a garota também revelou ter sido abusada pelo pai, desde os 9 anos. A menor disse que tomou coragem em contar a mãe após ouvir a revelação da prima.

Logo que foi denunciado, o suspeito fugiu de Tangará da Serra, mas uma denúncia chegou à Polícia Civil  informando que ele estaria na zona rural de Nova Lacerda. A a equipe de investigadores, acompanhada do Gilson Silveira do Carmo, foi até Gleba Santa Amélia e prendeu o suspeito, notificando-o sobre a ordem de prisão.

O suspeito deverá ser transferido para Tangará da Serra.

.

FONTE: Assessoria-PJC

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE