PUBLICIDADE
AÇÃO E REAÇÃO

Dois assaltantes de banco morrem em confronto com o BOPE em Juara

A dupla estava em uma S10 e tentou roubar uma motocicleta para continuar a fuga porque o combustível da caminhonete havia acabado

Da Redação

Equipe

09/08/2018 08h39 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Dois assaltantes de banco morrem em confronto com o BOPE em Juara

NortãoNotícias

No início da tarde desta quarta-feira(08), dois homens morreram em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais(Bope), da Polícia Militar, em uma área de mata no distrito de Catai, a cerca de 30 km de Juara (640 km de Cuiabá-MT).

José Bonifácio Nascimento de Barros, 34 anos e Roney Matos de Oliveira, 22 anos, mortos na troca de tiros, são suspeitos de integrar o bando que assaltou a agência do banco do Brasil de Brasnorte na madrugada última segunda-feira(06). Eles chegaram a ser socorridos e levados para o hospital de Juara, mas morreram minutos depois.

A dupla estava em uma S10 e tentou roubar uma motocicleta para continuar a fuga porque o combustível da caminhonete havia acabado. O motociclista conseguiu fugir e avisar a PM. A partir dessa informação o Bope localizou os suspeitos, porém eles não respeitaram a ordem de rendição e atiraram na direção dos policiais.

O confronto aconteceu a quase 170 quilômetros da Brasnorte, local da tentativa de roubo. Guarnições de unidades locais e equipes do Bope estavam em diligência na região desde o dia da tentativa de roubo.

O cerco policial envolvia diversas cidades, entre as quais Juara, Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte do Norte, Tabaporã. Esta manhã um helicóptero do Ciopar também chegou à região.

Outros suspeitos

Agora já são oito suspeitos identificados e localizados. Seis deles foram presos pela Polícia Militar horas depois do roubo. São: Janderson Jales da Silva, 23 anos, Eriely Cristina dos Santos Assis, 24, Weberton Bruno Mendes Soares, 31, Thiago da Silva Pacheco, 19, Alexandre Martins Oliveira, 23, e Pedro Rodrigues de Oliveira, também de 23 anos. Com eles, foram apreendidos mais de R$ 14 mil reais e 50 cheques, um deles no valor de R$ 30 mil, armas e munições.

 

FONTE: Assessoria-PM

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE