PUBLICIDADE
MUITA AUDÁCIA

‘Quem traiu vai pagar’, cantam amigos de líder do CV morto em Rondonópolis

Edimilson foi morto quando estava dentro de seu veículo na noite desta segunda-feira (14) na rua Francisco Manduca, bairro Jardim Ipanema

Jefferson Oliveira

Jornalista

17/05/2018 11h45 | Atualizada em 17/05/2018 14h53

‘Quem traiu vai pagar’, cantam amigos de líder do CV morto em Rondonópolis

Reprodução

O cortejo de um criminoso que aconteceu nesta quarta-feira (16) na cidade de Rondonópolis (212 km de Cuiabá-MT) chamou a atenção dos moradores da cidade, pois uma carreata com amigos do morto que pertencia ao Comando Vermelho-MT, jurava vingança pela morte de Edimilson Filho Alves da Silva, 23, conhecido pelo apelido de “Pamonha”.

Pamonha possuía passagens pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, e era um dos principais líderes da facção criminosa no município. Durante o cortejo para enterrar Edmilson, amigos realizaram uma carreata ao som de funk, e uma das músicas tocadas, era do MC Menor do Chapa e que dizia “Quem traiu vai pagar, na fé de Deus. Quem traiu vai pagar. A judaria que fizeram com o mano meu”.

Os amigos e familiares gravaram vídeos nas redes sociais mostrando a carreata, além de detentos também espalharem imagens e vídeos orando por Edmilson e jurando um caos na cidade e escrevendo nas redes que agora o ‘Satanás’ vai estar solto em Rondonópolis.

O assassinato:

Edimilson foi morto quando estava dentro de seu veículo na noite desta segunda-feira (14) na rua Francisco Manduca, bairro Jardim Ipanema, em Rondonópolis.

De acordo com as informações locais, a vítima estava no veículo e parou na rua citada, quando um motociclista se aproximou ao lado do veículo e começou a efetuar vários disparos em direção a Edimilson. Após realizar os tiros, o assassino fugiu tomando rumo ignorado.

Leia mais:

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE