PUBLICIDADE
FIM DA LINHA

Fotógrafo que estava foragido é preso enquanto cobria apreensão de drogas

Welikis foi condenado a seis anos e quatro meses de prisão pelos crimes de roubo e furto praticados na cidade de Estreito

Jefferson Oliveira

Jornalista

16/05/2018 09h30 | Atualizada em 16/05/2018 11h11

Fotógrafo que estava foragido é preso enquanto cobria apreensão de drogas

Divulgação

O fotógrafo Welikis Gomes de Aquino, 23, foi preso na tarde de terça-feira (15) em Jaciara (144 km de Cuiabá-MT) quando realizava a cobertura de uma apreensão de drogas na cidade. O profissional estava com um mandado de prisão em aberto, expedido pelo estado do Maranhão.

De acordo com a polícia, o suspeito é conhecido na região pelo apelido de “Gil Gomes” e trabalha como fotógrafo e quando estava na delegacia realizando fotos de uma apreensão de 300 quilos de maconha, a polícia foi informada sobre o mandado que foi cumprido no local.

Welikis foi condenado a seis anos e quatro meses de prisão pelos crimes de roubo e furto praticados na cidade de Estreito. O mandado de prisão foi expedido no dia 13 de março e assinado pela juíza Gisa Fernanda Nery Mendonça Benício.

Após ser detido, a Polícia Civil do Maranhão foi informada sobre a prisão, e o fotógrafo deve ser encaminhado ao estado nordestino nas próximas horas.

 

Apreensão de drogas:

Uma ação conjunta entre Polícia Civil e Militar apreendeu um carregamento de 204 tabletes de maconha que teria como destino a cidade de Jaciara. Os tabletes variam entre 1,8 kg a 2 quilos, cada, podendo chegar a cerca de 300 quilos a carga apreendida.

A ação, deflagrada com base em informações repassadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km de Cuiabá-MT), resultou na prisão de Pablo Pedro Alves Machado, 22, e Paula Machado dos Santos, 28, autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Diante do flagrante, o carregamento de entorpecente foi apreendido e o casal conduzido à Delegacia de Polícia de Jaciara. Após serem interrogados, os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, no procedimento lavrado pelo delegado, João Paulo Praisner, que assumiu a titularidade da Delegacia de Jaciara.

 

 

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE