PUBLICIDADE
LIBERDADE

Desembargador Orlando Perri manda soltar médica que matou verdureiro

A médica será posta em liberdade nesta terça-feira (17) com algumas condições, como não ingerir bebidas alcoólicas

Jefferson Oliveira

Jornalista

17/04/2018 09h46 | Atualizada em 17/04/2018 11h12

Desembargador Orlando Perri manda soltar médica que matou verdureiro

Reprodução

O desembargador Orlando Perri acatou nesta segunda (16), o pedido da defesa da médica Letícia Bertolini e concedeu prisão domiciliar a dermatologista que atropelou e matou o vendedor de frutas e verduras Francisco Lucio Maia, 48, na noite de sábado (14) na Avenida Miguel Sutil em Cuiabá-MT.

O advogado Geovane Santin, que realiza a defesa da médica, alegou que Letícia tem um filho pequeno de um ano de idade e que precisa dos cuidados da mãe, é réu primária e responsável pelo sustento da criança, e tal entendimento foi compactuado pelo magistrado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

De acordo com o desembargador em sua decisão, o fato de ela dirigir embriagada não prova a periculosidade da médica, “ato é que não ficou evidenciada, a meu sentir, a aduzida periculosidade concreta da paciente, a autorizar a manutenção de sua custódia cautelar" diz trecho da decisão de Perri.

A decisão do desembargador é contrária a da juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, que conduziu a audiência de custódia no domingo (15) e converteu a prisão em flagrante em preventiva e argumentou em sua decisão, que Letícia possuía personalidade criminosa, “ante o modus operandi empregado na prática delitiva, onde demonstra, per si, a personalidade criminosa da ré”, alegou a juíza.

A médica será posta em liberdade nesta terça-feira (17) com algumas condições, como não ingerir bebidas alcoólicas, comparecer mensalmente em juízo, até o quinto dia útil, para informar e justificar suas atividades, não frequentar bares, casas de jogos, boates e congêneres, recolher-se em residência no período noturno, finais de semana e nos dias de folga entre outros.

Leia mais:

 

 

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE