PUBLICIDADE
FLAGRANTE

Assassino que matou ex-presidiário em frente a bar é preso em flagrante em casa

Segundo os levantamentos, o suspeito foi ex-namorado da irmã da vítima e já foi visto na residência da família

Da Redação

Equipe

12/01/2018 17h08 | Atualizada em 12/01/2018 17h21

Assassino que matou ex-presidiário em frente a bar é preso em flagrante em casa

Reprodução

O autor do homicídio ocorrido no começo da manhã desta sexta-feira (12) foi preso nesta tarde. O suspeito, Whudson Moura Moya, 28 anos, foi autuado em flagrante pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), da Polícia Judiciária Civil, e será apresentado em audiência de custódia.

O suspeito é apontado como o autor dos dois disparos que culminaram na morte de Luiz Rogério Araújo da Silva, por volta das 05 horas, no bairro Residencial Coxipó, em Cuiabá.

A prisão de Whudson foi feita pela Polícia Militar, que em conjunto com investigadores da Delegacia de Homicídios, procurava pelo suspeito descrito por testemunhas no local do crime. Ele foi preso no bairro Jardim Mossoró, local onde reside.

Segundo os levantamentos, o suspeito foi ex-namorado da irmã da vítima e já foi visto na residência da família.

Durante atendimento da ocorrência, a vítima foi encontrada caída ao solo, em frente de um bar, no bairro Residencial Coxipó. Uma testemunha informou que um veículo prata estacionou na porta do bar. Dois homens desceram e um terceiro permaneceu no carro. Um dos homens foi em direção ao bar, enquanto o outro foi ao banheiro.

Minutos depois, os dois se juntaram no balcão e após breve conversa, um deles foi em direção a vítima e efetuou os disparos. Em seguida, eles entraram no carro e saíram na mesma direção que chegaram.

As investigações continuam para identificação e prisão dos demais envolvidos.

Leia mais

FONTE: Assessoria-PJC

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE