PUBLICIDADE
HOMICÍDIO

Ex-presidiário é executado com 4 tiros em frente a bar do corinthiano em Cuiabá

Testemunhas não souberam relatar quem seria o autor dos disparos e nem a motivação do homicídio

Jefferson Oliveira

Jornalista

12/01/2018 12h44 | Atualizada em 12/01/2018 15h57

Ex-presidiário é executado com 4 tiros em frente a bar do corinthiano em Cuiabá

Reprodução

Luis Rogério Araújo da Silva, 33, ex-presidiário e que fazia uso de tornozeleira eletrônica, foi executado com quatro tiros por volta das 05h da manhã desta sexta-feira (12), em frente ao bar do corinthiano localizado no bairro Residencial Coxipó, em Cuiabá (MT).

Segundo a polícia, ao ser acionada foi informada por moradores que pelo menos dez disparos de arma de fogo foram ouvidos em frente ao bar, e ao chegarem ao endereço constataram a veracidade dos fatos e depararam com Luis Rogério caído no chão com quatro perfurações provocadas por revólver calibre 38.

Testemunhas não souberam relatar quem seria o autor dos disparos e nem a motivação. Pelo horário do homicídio, a polícia alega que a vítima não poderia estar na rua, tendo em vista as obrigações de cumprimento de horário pelo uso da tornozeleira eletrônica.

A Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) investiga o caso, bem como a Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) se fez presente no local do crime para realizar os procedimentos cabíveis para liberar o corpo ao Instituto Médico Legal (IML).

Crimes:

Luis era conhecido na região pelo cometimento de diversos crimes, inclusive homicídio.

No ano de 2010 a vítima foi presa por tentativa de homicídio no dia 29 de janeiro de 2008 um desafeto por motivo fútil e mediante recurso que dificultou sua defesa.  

Ainda Luis chegou a responder um processo por ameaça e agressão contra sua ex-companheira identificada como Q.B.A.

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE