PUBLICIDADE
ASSALTOS À RESIDÊNCIAS

Autor de três roubos com reféns é preso em Cuiabá

O preso atuava com outros homens armados, rendia as vítimas e as trancava dentro de um quarto, enquanto subtraiam pertences

Da Redação

Equipe

14/11/2017 10h55 | Atualizada em 14/11/2017 11h58

Autor de três roubos com reféns é preso em Cuiabá

Reprodução

Mais um criminoso, envolvido em roubos a residência, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá (MT). O suspeito, Iury Antônio Magalhães, foi reconhecido como autor de, pelo menos, três assaltos em residências na Capital.

De acordo com as investigações, o suspeito participou do assalto ocorrido na noite de 02 de abril, no bairro Residencial Águas Claras, em Cuiabá. Na ocasião, três homens armados renderam as vítimas, que foram trancadas dentro de um quarto, enquanto os criminosos subtraiam aparelhos eletrônicos, relógios, joias e demais pertences.

O suspeito também está envolvido no assalto ocorrido no dia 02 de março, no bairro Tijucal, quando foram subtraídos celulares, dinheiro e um veículo Fiat Palio das vítimas. Outro roubo em que Iury está envolvido aconteceu no dia 13 de fevereiro, no bairro São Francisco, em Cuiabá. No assalto, além de eletrônicos, joias e dinheiro, o grupo subtraiu dois veículos das vítimas.

Em todos os casos, a equipe da Derf iniciou as investigações assim que foi notificada do crime. A participação de Iury nos roubos foi possível após a prisão de seus comparsas e também pelo reconhecimento do suspeito pelas vítimas, através do arquivo fotográfico da delegacia. Segundo informações, Iury possuí uma réplica de arma de fogo, a qual utilizava nas ações criminosas.

Com base nos indícios de autoria, o delegado Caio Fernando Alvares Albuquerque, representou pelo mandado de prisão contra o suspeito, que foi deferido pela Justiça e cumprido pela equipe operacional da Derf. “O suspeito possui históricos anteriores de roubo e a sua participação nos assaltos foi delatada com a prisão de seus comparsas, além de ser seguramente reconhecido pelas vítimas”, destacou o delegado.

As investigações contaram com apoio do Núcleo de Inteligência da Derf.

FONTE: Assessoria-PJC

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE