PUBLICIDADE
EM INVESTIGAÇÃO

Delegado pede prisão de suspeito de executar ex-vereadora e marido

Ex-vereadora e o esposo dela foram encontrados mortos com vários tiros no dia 07 de setembro. Nome do acusado não foi divulgado

Da Redação

Equipe

12/09/2017 15h55 | Atualizada em 12/09/2017 16h09

Delegado pede prisão de suspeito de executar ex-vereadora e marido

Reprodução/Internet

O delegado de Nossa Senhora do Livramento (42 km de Cuiabá), Adalberto de Oliveira, solicitou à Justiça a prisão preventiva de um dos suspeitos de ter matado a ex-vereadora Terezinha Rios Pedrosa e o marido dela Aloísio da Silva Lara, no último dia 07 de setembro, no sítio das vítimas, na Gleba União.

Conforme o delegado, o suspeito foi identificado na tarde de segunda-feira (11) por meio de um trabalho da inteligência da Delegacia de Polícia de Nossa Senhora de Livramento e da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), da Capital.

O nome do acusado não foi divulgado para não atrapalhar as investigações. 

O delegado disse que conseguiu identificar o homem, que é suspeito de atirar no casal e que agora aguarda a decisão judicial para o cumprimento da prisão preventiva dele. Ele acredita que, com a prisão do suspeito, o caso será esclarecido. A suspeita é que além dele, outra pessoa tenha participado do crime.

O crime

Segundo informações da Polícia Militar, o casal foi encontrado com várias perfurações ocasionadas por disparos de arma de fogo, do lado de fora da casa.

Terezinha, de 55 anos, era considerada uma liderança da agricultura familiar de Nossa Senhora do Livramento, além de defensora das causas agrárias.

Ela também já foi candidata à prefeita no Município e ocupou cargo de secretária municipal de Desenvolvimento da Agricultura Familiar.

Leia mais: 

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE