PUBLICIDADE
OPERAÇÃO CONVESCOTE

Rinha de galo é encontrada pelo Gaeco na casa de servidor do TCE

No local, os policiais encontraram 19 galos, com esporas cortadas, 25 gaiolas de ferro e uma arena, utilizada para o treino e briga

Jefferson Oliveira

Jornalista

22/06/2017 12h13 | Atualizada em 22/06/2017 13h34

Rinha de galo é encontrada pelo Gaeco na casa de servidor do TCE

BPMPA

Durante as buscas realizadas pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) na “Operação Convescote”, realizada na terça-feira (20), os agentes encontraram na casa do servidor do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), Cláudio Roberto Borges Sassioto, no Bairro Jardim Imperial II, em Cuiabá-MT, 19 galos, com esporas cortadas, 25 gaiolas de ferro e uma arena, utilizada para o treino e briga (rinha) de galo, medicamentos, bem como outros diversos materiais.



A Polícia Militar de Proteção Ambiental foi acionada para realizar os procedimentos necessários e encaminhar os animais para a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema). O caseiro local confirmou aos policiais que o local era utilizado para treinamento dos animais e realização de briga de galos.

Depois de ser autuado , Cláudio Roberto responderá pela prática do crime de maus-tratos de animais, sendo aplicada uma multa no valor de R$ 57 mil. O caseiro também foi encaminhado à Dema pelo crime de maus tratos.

Cláudio foi considerado um dos líderes da organização criminosa, por suposto envolvimento em convênios ilícitos entre a Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (Faesp) e TCE-MT.



 

Leia mais

 

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE