Terça-Feira, 17 de Janeiro de 2017
CONTRABANDO

Agentes localizam celulares e drogas no Centro de Ressocialização

Revista foi realizada nesta quarta-feira no antigo Carumbé; agentes também localizaram celulares, pen-drives, carregadores

Agentes localizam celulares e drogas no Centro de Ressocialização
 

Os agentes penitenciários que trabalham no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), o antigo Carumbé, realizaram uma revista na unidade, nesta quarta-feira (11) e encontraram 51 celulares dentro do local.

Durante a revista, ainda foram encontrados 80 chips de celulares e mais de meio quilo de drogas, entre maconha, cocaína e basta base. Os celulares são utilizados para práticas criminosas, como comando do tráfico de drogas de dentro da unidade, comando de assaltos e execuções.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen/MT), João Batista, os produtos apreendidos são referente às ações realizada em dois raios do presídio.

Ele ainda afirma que a apreensão poderia ser maior, caso fosse realizada uma revista em todas os raios ao mesmo tempo. “Tudo isso que está sendo apreendido, é apenas uma quantidade mínima do que poderia ser feito e não é feito, por que nós não temos efetivo o suficiente”, argumenta Batista.

Em 2016, os agentes apreenderam mais de 1.500 celulares na Penitenciária Central do Estado (PCE), durante revistas na unidade. Ainda recolheram 1.550 chips e mais de 25 quilos de drogas. “E não foi apreendido mais do que isso, por que o efetivo que nós temos lá é muito pequeno, não temos como fazer isso revista diariamente”, reclama João Batista. 

COMENTAR