PUBLICIDADE
ÚLTIMO ATO DA GESTÃO

Prefeita entrega chave de Sapezal a Deus por decreto e diz que ato foi profético

A entrega da chave se deu por decreto postado no mural da Prefeitura e viralizou nas redes sociais

Felipe Leonel

Repórter

23/12/2016 15h42 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

A prefeita de Sapezal (509 km de Cuiabá), Ilma Grisoste Barbosa (PSD), entregou, simbolicamente, a chave da cidade a Deus. A entrega da chave se deu por decreto postado no mural da Prefeitura e viralizou nas redes sociais. 

Ao Circuito Mato Grosso, Ilma Grisoste, afirmou que foi um “ato profético” e que a intenção do decreto não era "provocar ou ofender qualquer pessoa". Grisoste ainda justifica que não tem nenhuma relação com os próximos gestores, que deverão assumir a prefeitura no próximo ano. “São pessoas idôneas e de caráter, farão uma administração positiva”, disse ela. Para ela a rivalidade política acabou no dia 2 de outubro e espera que o Governo Federal e Estadual se ajustem para que possam ajudar mais os municípios, pois, “nesta gestão todos fomos penalizados”. 

Segundo Ilma, as pessoas não param para pensar no sentido do ato e buscam explicações humanas. Ela reclama que a ação foi mal interpretada por alguns, que estariam tentando buscar erros em sua gestão para descaracterizar a pessoa que escreveu.

“Não fiz isso em relação à política e sim por acreditar e amar a Deus e por ter conhecimento do quanto nós, ao decretarmos bênçãos e quebrar coisas ruins, podemos construir um mundo mais humano”, disse Ilma.

Apesar da polêmica, a prefeita disse estar feliz, pois trouxe a discussão um tema que “todos deveriam se importar: Deus e teu amor e proteção”. Ilma ressaltou ainda que as denominações religiosas não são importantes e que “todas as nossas falas viram frequências positivas ou negativas”.

Ao final da entrevista a gestora sugeriu a leitura do Capítulo 6, Versículo 12: "Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes".

 

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE