PUBLICIDADE
10 A 10

Deputados mantêm veto à obrigação de prestação de contas pelo Executivo

Da Redação

Equipe

10/07/2019 13h26 | Atualizada em 10/07/2019 13h45 1 comentario

Deputados mantêm veto à obrigação de prestação de contas pelo Executivo

Reprodução/Assessoria ALMT

A base do governador Mauro Mendes teve forças para articular a manutenção do veto ao projeto de lei que obrigava o Executivo a prestar contas das viagens internacionais de sua alta cúpula. Este veto esteve dentre os muitos que foram votados nesta semana na Assembleia Legislativa e teve o placar de 10 a 10, que leva à manutenção da decisão de Mendes. A intenção dos defensores seria acompanhar os gastos do governo com viagens num momento de alardeada crise financeira em situação de calamidade. O ex-governador Pedro Taques (PSDB) também conseguiu protelar a medida durante seu governo.



.


1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. É exatamente a fim demonstrar a preocupação e consideração com o Estado de Mato Grosso, que vive um período difícil de crise financeira, que os Nobres Deputados deveriam se mostrar a favor de prestar contas aos eleitores que o colocaram aonde estão, para não pairar qualquer dúvida acerca da destinação dessas viagens internacionais. Vetar essa obrigatoriedade só demonstra a falta de seriedade e comprometimento com a população do estado de Mato Grosso.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE