PUBLICIDADE
SENADORES

Jayme e Selma não têm acordo sofre destino do Coaf e política de Bolsonaro

09/05/2019 13h21 | Atualizada em 09/05/2019 13h25

Jayme e Selma não têm acordo sofre destino do Coaf e política de Bolsonaro

Reprodução/Internet

Os senadores Jayme Campos (DEM) e Selma Arruda (PSL) têm posições diferentes sobre as medidas tomadas pelo presidente Jair Bolsonaro. O democrata voltou pela volta do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) para o Ministério da Economia, enquanto Selma Arruda defendeu a permanência do órgão no Ministério da Justiça com post, com foto junto a Sérgio Moro, para no Facebook. A distância entre os grupos, que foram adversários nas eleições 2018 em Mato Grosso permanece.

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE