PUBLICIDADE
TAQUES E SELMA X CNJ

Afinal, a escolta permanece ou não?

14/06/2018 14h00 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

O governador Pedro Taques estabeleceu na terça-feira 12 que a Casa Militar ficará responsável por fornecer policiais para realizar a segurança da ex-juíza Selma Arruda. A comissão de Segurança do Tribunal de Justiça de Mato Grosso suspendeu definitivamente a escolta de segurança que era fornecida à magistrada aposentada, alegando que Selma teria quebrado os protocolos e regras que deveriam ser obedecidos e por este motivo perdeu o direito ao benefício a que tinha direito. Diante da situação, ela solicitou ajuda e pediu proteção ao Poder Executivo, pois ainda não conseguiu entrar com recurso no Conselho Nacional de Justiça.



.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE