PUBLICIDADE
CASO DA BEBÊ INDÍGENA

Policiais do resgate são homenageados

09/06/2018 11h55 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Policiais do resgate são homenageados

Christiano Antonucci/GCom-MT

Cinco policiais militares e dois civis, lotados no município de Canarana, receberam menção honrosa pelo trabalho de resgate a bebê indígena enterrada viva, sendo eles o major João Paulo Bezerra do Nascimento, os sargentos Edson Fernando Poll e Adenilto Santos Oliveira e os soldados Jabes Raoni Sturm Aroca e Henrique Galvão Ataídes, além dos agentes civis Dicson Danillo Souza Moura e Patrícia Gouveia Franco. Eles foram recebidos pelo governador Pedro Taques (PSDB), ocasião na qual foram homenageados. Segundo o governador, a menção contará para fins de progressão de carreira, uma vez que será anexa à ficha funcional dos servidores.

O caso da bebê enterrada viva chocou o município do norte do estado e ganhou notoriedade em todo o país. Segundo as informações, a bebê indígena foi enterrada pela bisavó, que alegou pensar que a criança estava morta. No entanto, também informaram que não é permitida criança sem pai na tribo, o que teria motivado a família a tomar as providências. A mãe é uma adolescente e o pai mora em outra tribo, na qual já possui outra mulher. 

A criança foi trazida para Cuiabá e permanece em situação crítica na Santa Casa de Misericórdia.

Leia também

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE