PUBLICIDADE
A PROVA EM QUESTÃO

Novelli ainda questiona notas promissórias

08/06/2018 12h00 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

O conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado José Carlos Novelli afirmou que achou “estranho” o fato de uma assessora ter encontrado notas promissórias assinadas em seu antigo gabinete no TCE meses após o local ter sido alvo de busca e apreensão da Polícia Federal. Novelli, por meio de nota, ainda contesta os valores presentes nas promissórias, que são assinadas por Silval Barbosa, com base no que disseram os delatores à Justiça. Para o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado José Carlos Novelli, é de se estranhar que somente após oito meses um envelope com as tais promissórias, cujos valores divergem nas delações de Silval e Silvio Corrêa, tenham aparecido. Para Novelli, um erro imperdoável.



.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE