PUBLICIDADE
PROCESSOS A TIRA COLO

Mais magro, Marcel de Cursi sai da prisão sorridente

12/07/2017 15h00 | Atualizada em 12/07/2017 16h55

Mais magro, Marcel de Cursi sai da prisão sorridente

Foto Alan Cosme/ HiperNoticias

Após um ano e 10 meses no Centro de Custódia da Capital (CCC), o ex-secretário de Silval Barbosa, Marcel de Cursi, saiu da prisão na noite desta terça-feira (11) com as “calças caindo”. Bem mais magro, o apontado como "mentor intelectual" investigado na Operação Sodoma, não economizou sorrisos, porém evitou falar com imprensa.

Fazendo o uso de tornozeleira, Marcel cumprimentou conhecidos ao sair do CCC, cheio de sorrisos. O ex-secretário da Sefaz passou por maus bocados na prisão. Em Janeiro deste ano, o ex-secretário teve um início de infarto e teve que se submeter a um cateterismo.

O desembargador, Alberto Ferreira de Souza, revogou a prisão preventiva por meio de um habeas corpus impetrado no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) na tarde desta terça-feira. A defesa alegou constrangimento ilegal na decretação de suas prisões preventivas, por parte da juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado.

Fiscal de carreira da Sefaz, Marcel é apontado pelo Ministério Público Estadual como mentor intelectual das fraudes e desvios milionários, na qual tinha o papel importante na elaboração de leis e decretos que atendessem aos interesses do grupo criminoso. Ele também era responsável por implementar benefícios fiscais concedidos de forma espúria e conceder tratamento tributário diferenciado para alguns empresários, a pedido de Silval.

 

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE