PUBLICIDADE
CUMPRIMENTO DE MANDADOS

Esposa e ex-vereador por Cuiabá são detidos durante operação

20/06/2017 10h40 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

O ex-vereador por Cuiabá Paulo Sérgio Serafim de Oliveira, conhecido como Paulinho Brother, e sua esposa, Karinny Muzzi, foram detidos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado), durante cumprimento dos mandados da Operação Convescote, deflagrada na manha desta terça-feira (20).



A operação visa desarticular uma organização criminosa que atuou para saquear os cofres públicos, notadamente recursos públicos da Assembleia Legislativa e Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), por intermédio da Faesp (Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual).

Um mandado de prisão foi expedido contra Karinny. Ela é acusada de participar do esquema de desvio de dinheiro público da Assembleia e do TCE-MT por meio de contratos com a Faespe.

Durante as buscas na residência do casal, os agentes encontraram uma arma sem registro, de posse do ex-parlamentar e por isso elepreso em flagrante.



Ao Circuito Mato Grosso, Paulinho assumiu ser dono da arma, mas disse não saber qual o motivo dos mandados expedidos contra sua mulher.

“Vamos tomar conhecimento das coisas primeiro para poder dar informações. Não sabemos do que se trata. Eles vieram cumprir o mandado contra a minha mulher, durante as buscas eles encontraram a minha arma e devo ser levado por porte ilegal. Nós não vamos esconder nada de ninguém, vamos esclarecer tudo o que for preciso”, disse à reportagem.

Sobre a posse da arma, o ex-vereador afirmou que tinha por segurança. “Eu tenho essa arma pra minha segurança e da minha família”, explicou.  

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE