PUBLICIDADE
ODEBRECHT

PF pede prorrogação de inquérito que investiga Temer em caso de propina

Temer é investigado no esquema de pagamento de propina de R$10 milhões da Odebrecht ao MDB

16/05/2018 07h21 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

PF pede prorrogação de inquérito que investiga Temer em caso de propina

Ueslei Marcelino/Reuters

A Polícia Federal pediu a prorrogação por mais 60 dias do inquérito que investiga o pagamento de uma propina de 10 milhões de reais ao MDB pela Odebrecht e envolvem o presidente Michel Temer.

O pedido foi encaminhado à Procuradoria-Geral da República para parecer e terá que ser aprovado pelo relator do caso no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin.

O inquérito investiga o pedido e posterior pagamento de uma propina de 10 milhões feito pelo MDB à Odebrecht, negociado em um jantar no Palácio do Jaburu onde estariam presidentes Temer, então vice-presidente, e o atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

FONTE: Reuters

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE