PUBLICIDADE

Mãe pede que filho não dirija sem habilitação e é atropelada

Um jovem inglês acidentalmente atropelou e matou a própria mãe enquanto ela implorava para que ele não dirigisse sem carteira de habilitação.

06/02/2013 17h00 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Lewis Foster, de 19 anos, ficará um ano na prisão pela morte da mãe, decidiu a Justiça nesta segunda-feira (4). Na época do incidente, em julho de 2012, ele não possuía carteira de habilitação e ainda estava aprendendo a dirigir. Lewis estava bêbado na ocasião.
 
Deborah Jones, de 47 anos, havia dado de presente de Natal para Lewis um carro, mesmo ele tendo sido reprovado no teste de habilitação.
 
Preocupada quando Lewis anunciou que iria conduzir o veículo, Deborah seguiu o jovem, que estava bêbado, e implorou para que ele não fizesse isso. Segundo Deborah, se fosse pego pela polícia, ele iria "estragar tudo". Mas Lewis ligou o carro e, acidentalmente, deu ré, esmagando a mãe contra um poste. Deborah morreu no hospital na manhã seguinte, em St Austell, na Inglaterra.
 
Na época do incidente, Lewis tinha 18 anos. Ele havia bebido com amigos — o nível de álcool em seu sangue era o dobro do limite permitido. No tribunal, Lewis ouviu do juiz que "nada do que eu diga ou faça poderia ser pior do que o sentimento de culpa que você vai sentir para o resto de sua vida"



FONTE: PrimeiraHora | R7

.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE