PUBLICIDADE
MUNDO

Ventos intensos prejudicam combate a incêndio na Califórnia

Um bombeiro morreu no combate às chamas. Tempo seco também contribui para aumentar o incêndio.

15/12/2017 15h56 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Ventos intensos prejudicam combate a incêndio na Califórnia

Reprodução

Os bombeiros da Califórnia devem enfrentar ventos intensos na manhã desta sexta-feira (15), em meio ao combate a um enorme incêndio florestal que deixou uma pessoa morta e destruiu mais de 700 casas.

Cory Iverson, de 32 anos, do Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (Cal Fire, na sigla em inglês), morreu na quinta (14) enfrentando o chamado "Incêndio Thomas" nos condados de Ventura e Santa Barbara.

"Cory Iverson fez o sacrifício derradeiro para salvar as vidas de outros", disse o xerife de Ventura, Geoff Dean, durante uma reunião comunitária na noite de quinta.

As autoridades do corpo de bombeiros divulgaram poucas informações sobre as circunstâncias da morte de Iverson. O jornal "Los Angeles Daily News" noticiou que ele morreu em um acidente perto da comunidade de Fillmore, onde um alerta de socorro foi acionado.

Tempo seco
Os ventos da região de Santa Ana e a umidade na casa de um dígito ajudaram a atiçar o fogo, que se espalhou pela vegetação seca desde que irrompeu em 4 de dezembro perto de uma pequena universidade particular de Ojai.

Desde então, Thomas arrasou mais de mil quilômetros quadrados e é o quarto maior incêndio florestal da história do Estado norte-americano desde 1932.

Estavam previstos para a manhã desta sexta ventos fortes que diminuirão durante o dia, segundo o Serviço Nacional do Clima.

"Os ventos enfraquecerão na sexta-feira, virando para o oeste no início de sábado, depois se tornando rajadas e rumando para o mar novamente no final da noite de sábado até o anoitecer de domingo", informou o serviço em um boletim.

O incêndio florestal continuará ameaçando cerca de 18 mil lares e outras estruturas nas comunidades de Santa Barbara, Carpinteria, Summerland e Montecito, no litoral da Califórnia, especialmente se os ventos quentes e secos de Santa Ana retornarem.

O Thomas, que estava 35 % controlado na noite de quinta-feira, queimou 739 casas totalmente e danificou outras 175, além de ter deslocado mais de 94 mil pessoas.

O incêndio e outros ao sul, nos condados de San Diego e Los Angeles, desorganizaram as vidas de milhões de pessoas nos últimos 11 dias, provocando o fechamento de escolas e a interdição de estradas e obrigando centenas de milhares de pessoas a buscarem abrigos.

.

FONTE: G1

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE