PUBLICIDADE
MUNDO

Líder da oposição a Putin é preso a caminho de protesto

Além de Alexei Navalny, mais de 10 pessoas foram detidas.

12/06/2017 08h32 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Foto; reprodução

Por G1


A mulher de Alexei Navalny afirmou que o marido foi preso fora de sua casa a caminho de um protesto contra a corrupção, em Moscou, nesta segunda-feira (12), de acordo com a Associated Press.

Embora as autoridades da cidade tivessem concordado com um local para o protesto, Navalny pediu que ele fosse transferido para uma das principais vias da capital russa, a Rua Tverskaya.

A Reuters informou que ao menos 10 pessoas foram detidas na Praça Pushkin, que fica a cerca de 2 km do Kremlin, a sede do governo russo. De acordo com a CNN, manifestações acontecem em 200 cidades do país.

Protesto em março
Navalny ficou 15 dias detido por ter organizado um amplo protesto anticorrupção no fim de março nas ruas de Moscou. Ele foi declarado culpado por organizar um protesto não autorizado e por se negar a obedecer as autoridades durante a prisão. Nessa ocasião, quase mil pessoas foram detidas pela polícia em protestos em todo o país.

A detenção em março ocorreu após o opositor publicar um relatório em que acusa o primeiro-ministro, Dmitri Medvedev, de se encontrar à frente de um império imobiliário financiado por oligarcas.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE