PUBLICIDADE
FEMINICÍDIO

Homem é condenado a 22 anos de prisão por morte de esposa em Rondonópolis

A vítima foi morta com pauladas na cabeça e enforcada com um fio de carregador de celular; o crime ocorreu em fevereiro deste ano

João Freitas

Repórter

12/12/2019 16h25 | Atualizada em 12/12/2019 23h44

Homem é condenado a 22 anos de prisão por morte de esposa em Rondonópolis

AgoraMT/Reprodução

Odair José Rufino, 43 anos, foi condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Rondonópolis (210 km de Cuiabá-MT) a 22 anos e três meses de prisão pelo feminicídio da esposa, em fevereiro deste ano. A sessão foi realizada na tarde desta quarta-feira (11).



A vítima, identificada como Vanuzia Maria Silvio, foi morta após ser espancada e asfixiada pelo marido, que confessou o assassinato.

Segundo as investigações, o casal, que estava junto a cerca de 20 anos, teria tido uma briga na tarde de 6 de fevereiro. O desentendimento teria sido motivado, supostamente, pelo envolvimento do suspeito com drogas.

Em um determinado momento da discussão, Odair pegou um pedaço de madeira e golpeou a cabeça da companheira, que desmaiou. Em seguida, o suspeito utilizou o fio de um carregador de celular para enforcar e asfixiar Vanuzia.



Após o assassinato, o criminoso deixou o local e foi para uma boca de fumo.

O corpo da mulher só foi encontrado dois dias depois do crime. Desconfiado do sumiço de Vanuzia, o irmão da vítima arrombou a porta da residência do casal e se deparou com a mulher em cima da cama, em óbito.

Odair está detido na Penitenciária Major Eldo Sá Correa, a Mata Grande.

 

.


Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE