PUBLICIDADE
VIGIA

MPMT é inserido no Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras

A conquista foi viabilizada graças a uma articulação do Gaeco regional de Cáceres junto à Secretaria de Operações Integradas e toda a sua equipe

11/09/2019 08h30 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

MPMT é inserido no Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras

Reprodução-Internet

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), foi inserido no Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras – o VIGIA. A conquista foi viabilizada graças a uma articulação do Gaeco regional de Cáceres junto à Secretaria de Operações Integradas e toda a sua equipe.



“Demos um passo importante na integração com o Ministério da Justiça, o que possibilitará um suporte mais eficaz da área federal”, destacou o coordenador dos Gaecos Regionais, promotor de Justiça Mauro Zaque. Também participaram da reunião o coordenador do CAOP/CSI, promotor de Justiça Rubens Alves de Paula, e o promotor de Justiça em Cáceres, Augusto Lopes dos Santos.

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, enalteceu a importância e o protagonismo da iniciativa. “Esse reforço vem ao encontro das necessidades de Mato Grosso em fortalecer o combate aos crimes na área de fronteira. É uma importante conquista que demonstra que a união de esforços é fundamental para alcançarmos os objetivos institucionais”, enfatizou.

Borges afirma estar confiante que, em breve, o Ministério Público dará resultados satisfatórios à população mato-grossense no combate ao crime organizado nas diversas regiões do Estado. “A descentralização do Gaeco é um caminho sem volta. Os promotores de Justiça estão empenhados e estimulados a prestarem um serviço cada vez eficiente no combate à criminalidade organizada e ao tráfico de drogas”, enfatizou.



 

.

FONTE: Assessoria



Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE