PUBLICIDADE
FAKE NEWS

TRE manda Facebook e Youtube retirar do ar vídeo apócrifo contra Taques e Leitão

Vídeo seria montagem para induzir discussão entre os pré-candidatos tucanos

Da Redação

Equipe

10/08/2018 11h23 | Atualizada em 10/08/2018 11h27

TRE manda Facebook e Youtube retirar do ar vídeo apócrifo contra Taques e Leitão

Reprodução/Internet

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou que Facebook e Youtube retirem do ar um vídeo de suposta simulação de briga entre membros do PSDB em Mato Grosso, Pedro Taques e Nilson Leitão. A decisão é do juiz auxiliar Jackson Coutinho que acatou ação de Leitão, pré-candidato ao Senado.

O vídeo foi postado nas páginas do site ‘Lapada Lapada’ sem identificação do autor. A suposta briga teria ocorrido durante reunião interna do partido sobre as eleições. Taques é candidato à reeleição. No recurso, Leitão afirmou que as vozes não são nem dele e nem do governador. Segundo a peça é uma montagem divulgada por candidatos da oposição “num ato de desespero, com o objetivo de atrapalhar o processo eleitoral”.

“A mudança inicia-se no comportamento, eu estou propondo uma campanha limpa, de conteúdo de interesse para a população mato-grossense, mas infelizmente os adversários acham que vale tudo para se ganhar eleição”.

O juiz Jackson Coutinho afirmou em sua decisão que o conteúdo do vídeo visa promover propaganda eleitoral negativa e ofensiva a Pedro Taques e Nilson Leitão e a impossibilidade de identificação da origem corrobora a argumentação de difamação.

“Convenço-me da existência de indícios suficientes para a caracterização de propaganda eleitoral negativa a justificar adoção de medidas proibitivas”, diz o juiz, na decisão.

Caso a decisão seja descumprida, os donos do veículo de comunicação terão que pagar uma multa diária no valor de R$ 3 mil.

.

FONTE: Com Assessoria

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE