PUBLICIDADE
BERERÉ E BÔNUS

Tribunal de Justiça retoma julgamento de Savi nesta quinta

Após o desembargador Marcos Machado pedir vistos do processo, pleno dos magistrados da segunda instância poderão decidir sobre o recurso do deputado

Allan Pereira

Jornalista

13/06/2018 17h43 | Atualizada em 14/06/2018 07h31 3 comentarios

É na tarde desta quinta-feira (14) que os desembargadores, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), deverão retomar o julgamento sobre a revogação da prisão preventiva do deputado estadual Mauro Savi (DEM), que está preso desde 9 de maio por suposto envolvimento em desvios de R$ 27,7 milhões do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (DETRAN/MT).

Após pedir vistas do processo em 24 de maio, o desembargador Marcos Machado dará o seu voto – a favor ou contra a medida cautelar. A partir de então os demais desembargadores poderão votar e dar uma decisão final ao assunto.

Contudo, independente do voto, a maioria do pleno já se decidiu por manter a prisão, conforme é o entendimento do relator do processo, o desembargador José Zuquim Nogueira. Dos 30, 16 desembargadores votaram por manter na prisão. Somente dois até o momento foram contra a medida.

A irregularidade do processo está em um contrato firmado com a EIG Mercados Ltda., que foi contratada para fazer registros de contratos de financiamentos de veículos. De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), R$ 27,7 milhões foram desviados da autarquia. Estes valores eram repassados a EIG e retornavam como pagamentos de propina a políticos, agentes públicos e empresários. O dinheiro era então "lavado" em uma segunda empresa, a Santos Treinamento, que tinha uma parceria com a companhia.

Segundo o MPE, Savi era o "autor intelectual" dos crimes. Ele usou de seu poder político de parlamentar para interferir nas ações do governo. Para a entidade, o deputado "se utiliza de pessoas interpostas para a execução de atos materiais necessários à operacionalização das atividades ilícitas da organização criminosa". O deputado é também acusado de integrar o núcleo de liderança da organização criminosa. 

O caso como um todo está relacionada à segunda fase da Operação Bereré, que foi chamada de Bônus e deflagrada no mesmo dia da prisão do deputado pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O MPE apresentou a denúncia a Savi e outras 51 pessoas à Justiça no dia 16 de maio. Assim, o deputado passou de investigado a réu na ação.

Savi está preso há mais de um mês no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC). Junto com ele, estão os empresários Roque Anildo (sócio da Santos Treinamentos) e José Kobori (ex-presidente da EIG); e os irmãos advogados Paulo Cesar Zamar Taques e Pedro Jorge Zamar Taques, que são primos do atual governador Pedro Taques. Todos foram presos no mesmo dia da deflagração da Bônus.

A previsão é que a sessão começa às 14 horas.

3 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Hi! I am not robot. I just voted you! I found similar content that readers might be interested in: microsoft office 2010 product key

  2. Thanks for your article! I have read through some similar topics! However, your post has given me a very special impression, unlike other posts. I hope you continue to have valuable articles like this or more to share with everyone! happy wheels

  3. I was checking for solution in the internet then miraculously came Across Dr Miracle, the powerful herbalist that Cure Numerous individuals HSV-1 AND HSV-2 INFECTION,then i contacted his Email: (MIRACLESPELLHOME@YAHOO.COM) I Explained everything to him and prepared a cure that cure my HSV-1 AND HSV-2 Disease totally after receiving his Herbal medicine, So My friends viewers why wait and be suffer when there is someone like Dr Miracle,that can cure any disease HIV/ CANCER/ HEPATITIS B VIRUS,LOW SPERM COUNT,ALS,ANCE PIMPUS,LUPUS VIRUS,You Can "CONTACT Via : Email : (MIRACLESPELLHOME@YAHOO.COM) You Can Contact Him Today And Get Your Problem Solved Or"Whats-app +23408071398555 )))

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE