PUBLICIDADE
BIÊNIO 2017/2018

"O eleitor precisa ser livre para escolher", diz presidente do TRE-MT

Desembargador Márcio Vidal defende investimento em tecnologia e conscientização dos eleitores

Airton Marques

Editor Adjunto

17/04/2017 12h02 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Com Valquiria Castil

O desembargador Márcio Vidal foi empossado como presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) na manhã desta segunda-feira (17). Ele subsistiu a desembargadora Maria Helena Póvoas e ficará no cargo pelo próximo biênio (2017/2018), sendo responsável por preparar e realizar as eleições do próximo ano.

Além dele, o desembargador Pedro Sakamoto foi empossado como vice-presidente e corregedor do TRE-MT, no lugar do também desembargador Luiz Ferreira da Silva.

Após sua posse, Vidal afirmou que o foco de seu mandato será no investimento nas áreas de tecnologia e comunicação, para melhorar a transparência das próximas eleições.

“Estabelecer uma colaboração com as diversas instituições de controle, além de estabelecer um canal com o eleitor. Vamos ter um investimento maciço na área da tecnologia e comunicação, objetivando ter uma eleição limpa. Que sejam eleitos aqueles que tenham uma boa ideia. O eleitor precisa ser livre para escolher. Basta dos problemas que vivemos há décadas e que estamos vendo neste momento”, afirmou.

O novo presidente do TRE-MT ponderou que além da atuação da Justiça e órgãos de controle, a população também deve estar atenta para fazer escolhas acertadas nas urnas, principalmente após escândalos envolvendo suspeitas de caixa 2 e uso de dinheiro público em campanhas eleitorais no País.

“A Justiça eleitoral tem o limite da lei. O principal é o próprio eleitor. O cidadão é quem faz a escolha política e precisa se despertar para que tenhamos um Brasil mais justo. Se continuar neste caminho, todos nós teremos consequências drásticas”, declarou.

A posse como presidente e vice-presidente ocorreu após sessão solene em que Vidal e Sakamoto foram empossados como juízes membros do tribunal eleitoral.

A indicação para o TRE-MT foi realizada em votação no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, em fevereiro deste ano. Sakamoto recebeu 21 votos e Vidal recebeu 18.

Leia mais:

Por maioria dos votos, Sakamoto e Vidal são indicados ao TRE-MT

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE